Seguir o O MINHO

Ave

Homem desaparecido em Famalicão encontrado com vida na Póvoa de Varzim

Ribeirão

em

Foto: DR

Um homem de 73 anos, que padece de Alzheimer, esteve desaparecido durante a tarde desta quinta-feira, depois de ter entrado numa zona de floresta, em Ribeirão, concelho de Famalicão, disse a O MINHO fonte da família.


Joaquim terá entrado numa zona de monte junto ao lugar de Aldeia Nova, em Ribeirão, desaparecendo sem deixar rastro.

Pelas 18:30, militares da GNR procediam a buscas pelo desaparecido que utilizava uma camisola cinza, calças castanhas e seguia descalço, apenas com meias nos pés.

O homem foi encontrado por escuteiros na freguesia de Balazar, já no concelho da Póvoa de Varzim, distrito do Porto, tendo sido assistido por elementos da Cruz Vermelha de Ribeirão.

“Encontra-se bem”, disse a O MINHO fonte da família.

(notícia atualizada com mais informação)

Anúncio

Ave

Homem de Famalicão acusado de 452 crimes de abuso sexual e violação das filhas

Abuso sexual de menores

em

O Ministério Público (MP) acusou um homem de 44 anos de Cruz, Vila Nova de Famalicão, de 452 crimes de abuso sexual e violação, sendo as vítimas as duas filhas, segundo despacho a que a Lusa hoje teve acesso.

O arguido, soldador, é ainda acusado de um crime de violência doméstica sobre a mulher.

Segundo o MP, a principal vítima dos abusos sexuais foi a filha mais velha do casal.

Os abusos terão começado quando tinha 13 anos, altura em que o pai lhe terá dito que a ia “preparar para o futuro”.

Só pararam quando a filha, aos 21 anos, contou a uma amiga o que se estava a passar e avançou com uma denúncia na Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

Os abusos eram perpetrados quase sempre na residência da família, mas também aconteceram num monte próximo da habitação.

À medida que a filha se ia aproximando da maioridade, o arguido terá começado a intensificar o controlo sobre a mesma, opondo-se até que tivesse um relacionamento de namoro.

Posteriormente, quando a filha começou a namorar, só a deixava ir ter com o namorado se antes mantivesse relações sexuais com ele.

Sempre, acrescenta a acusação, sob ameaças, designadamente de morte.

Os abusos sexuais ocorreriam praticamente todas as semanas.

Pela sua atuação em relação à filha mais velha, o arguido está acusado de 52 crimes de abuso sexual de criança agravado, 208 crimes de abuso sexual de menor dependente agravado e 191 crimes de violação agravada.

Está ainda acusado de um crime de dano, por ter partido o telemóvel da filha.

O arguido vai ainda responder por um outro crime de abuso sexual agravado, sendo a vítima a filha mais nova, numa altura em que tinha 13 anos.

O MP acusa também o arguido de violência doméstica, sendo neste caso a vítima a mulher.

A acusação diz que o arguido, desde o casamento, sempre procurou controlar o dia-a-dia da vítima, impedindo-a de usar certas roupas e de se relacionar com outras pessoas.

Também lhe impunha práticas sexuais que ela não desejava, injuriava-a e agredia-a com empurrões e bofetadas.

A vítima chegou a sair de casa com as filhas, mas regressou no dia seguinte, “por não ter trabalho nem forma de sustento”.

A partir de março deste ano, os problemas financeiros do agregado familiar agravaram-se por causa da pandemia de covid-19, o que levou intensificou os maus-tratos, designadamente psicológicos, infligidos pelo arguido à mulher.

O arguido foi detido em junho pela Polícia Judiciária e está em prisão preventiva.

Continuar a ler

Guimarães

Câmara de Guimarães oferece pinheiros de Natal para “evitar abate indiscriminado”

Natal

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães, à semelhança dos últimos anos, disponibiliza gratuitamente pinheiros de Natal aos munícipes e instituições do concelho que pretendam optar por um modelo de ornamentação natalícia em tamanho natural, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a autarquia explica que esta iniciativa decorre em colaboração com a Direção Geral de Florestas e que os interessados deverão dirigir-se ao Horto Municipal, de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 13:00, na zona de Monchique, freguesia de Costa.

“Esta iniciativa pretende contribuir para a defesa do património florestal evitando os abates indiscriminados e mutiladores de árvores jovens, que põem em causa o equilíbrio dos ecossistemas florestais”, refere a nota de imprensa.

“As árvores a oferecer pela Câmara Municipal de Guimarães foram cortadas de acordo com as regulamentações técnicas e resultam de várias operações de silvicultura preventivamente realizadas, com o objetivo de satisfazer as necessidades do mercado e, ao mesmo tempo, promover a utilização racional da floresta vimaranense”, finaliza o mesmo comunicado.

Continuar a ler

Ave

Famalicão promove Ciclo de Concertos de Natal para ver online

Natal

em

Foto: Ilustrativa

A Câmara de Famalicão vai levar a magia da quadra natalícia até à casa de todos os famalicenses com um Ciclo de Concertos de Natal que arranca já neste fim-de-semana e que vai contar com um total de oito espetáculos transmitidos em direto nas redes sociais do Município, foi hoje anunciado.

O primeiro concerto, intitulado “Natal Português” acontece já nesta sexta-feira, dia 04, às 19:00 e é protagonizado pela fadista famalicense Patrícia Costa.

A atuação de domingo, dia 06 de dezembro, às 11h00, contará com as vozes de um dos maiores tenores portugueses da atualidade, Carlos Guilherme, e da conceituada fadista Teresa Tapadas, acompanhados ao piano por Pedro Vieira de Almeida. Juntos prometem interpretar peças sacras, portuguesas e tradicionais de Natal, num concerto mágico com vozes de luxo.

Para o segundo fim-de-semana de dezembro estão também agendados dois concertos. O primeiro, marcado para sexta, dia 11, às 19:30, será dedicado aos clássicos de Natal, numa viagem pelos mais belos temas populares natalícios do cancioneiro português.

Já no sábado, dia 12, às 11:00, o galego Ariel Ninas e os portugueses Catarina Moura e César Prata interpretam o espetáculo “Do Natal aos Reis”, um concerto temático sobre canções tradicionais da Galiza e Portugal alusivas às celebrações de Natal e das Janeiras.

Dia 18, sexta-feira, pelas 19:00, há concerto Famart Ensemble, com João Tomás Abreu e Ana Castro na viola, Luís Cruz no violoncelo e Miguel Rocha e Tiago Silva no Violino; e no dia seguinte, dia 19, às 11h00, a iniciativa convida os famalicenses a mergulharem na atmosfera mágica da quadra natalícia através das canções da Broadway, com o espetáculo “Christmas on Broadway”.

O Ciclo de Concertos de Natal prossegue no dia 20, domingo, às 11:00, com um concerto protagonizado por jovens músicos profissionais provenientes da Arteduca – Conservatório de Música de Vila Nova de Famalicão, num programa eclético que percorrerá diferentes estilos musicais.

A iniciativa termina no dia 27, às 11:00, com um concerto a cargo do Grupo Etnográfico Rusga de Joane e com a interpretação de temas do cancioneiro popular minhoto e da região.

Refira-se ainda que todos os concertos vão ter lugar na Igreja Matriz Antiga de Famalicão e, ao contrário do que estava inicialmente previsto, não vão contar com a presença de público por recomendação das autoridades de saúde.

Os concertos serão transmitidos em direto nas páginas de Facebook do Município de Famalicão, em www.facebook.com/municipiodevnfamalicao e do projeto Famalicão Comunitário, em www.facebook.com/famalicaocomunitario.

Continuar a ler

Populares