Famalicão vai apostar no regresso de jovens qualificados ao país - O MINHO
Redes Sociais

Famalicão vai apostar no regresso de jovens qualificados ao país

Famalicão

Famalicão vai apostar no regresso de jovens qualificados ao país

Uma iniciativa que visa o regresso de jovens portugueses qualificados ao país vai avançar em Vila Nova de Famalicão. A proposta de protocolo de cooperação foi aprovada esta quinta-feira por unanimidade em reunião do Executivo Municipal.

A Câmara de Famalicão vai associar-se ao projeto Empreender 2020 – Regresso de uma Geração Preparada, da Fundação AEP, presidida por Paulo Nunes de Almeida

De acordo com Augusto Lima, vereador da Economia, Empreendedorismo e Inovação, que assina a proposta, este protocolo “responde a uma estratégia clara de criar as condições necessárias para o regresso de jovens emigrados, famalicenses ou não, detentores de competências técnicas consideradas altas e para a incorporação dos seus níveis de conhecimento no tecido empresarial, nomeadamente através da criação de empresas inovadoras e competitivas, sustentadas numa rede de networking à escala internacional”.

A AEP sinalizará os jovens emigrados e a Câmara Municipal informá-los-á depois das condições, infraestruturas, atividades e recursos existentes no território concelhio. Em concreto este protocolo vai ajudar os jovens a encontrar mercados e financiamento e a realizar as suas ideias, convertendo-as em oportunidades de negócio. Mas vai também permitir integrá-los em centros de investigação ou empresas, possibilitando a estas potenciar o seu percurso de internacionalização.

Uma medida que vai, desde logo, ao encontro da aposta estratégica do município na internacionalização das empresas famalicenses.

Jornal digital da região do Minho.

Mais Famalicão