Seguir o O MINHO

Ave

Famalicão já ligou as luzes de Natal

Natal

em

Foto: CM Famalicão

Famalicão iluminou-se para o Natal ao final da tarde desta sexta-feira, após ligação da iluminação natalícia no centro da cidade.


Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

Foto: CM Famalicão

O investimento ronda os 100 mil euros, segundo apurou O MINHO junto de fonte do gabinete do presidente da Câmara, que destacou “a importância da atratividade destas instalações para chamar pessoas para junto do comércio local”.

Em declarações ao jornal Opinião Pública, Paulo Cunha, edil, referiu que o investimento abrange todas as freguesias do concelho e pretende “criar uma atmosfera positiva, alegre e repleta de esperança em melhores dias do que os que vivemos atualmente”.

“Tem sido um ano tão difícil e atípico para todos, mas não podemos baixar os braços. Viver o Natal na medida do possível é uma forma de nos mantermos positivos”, disse o autarca social-democrata.

Anúncio

Guimarães

Exposição revisita 15 anos de arte no Palácio Vila Flor em Guimarães

Cultura

em

Foto: DR / Arquivo

O Palácio Vila Flor, em Guimarães, inaugura na sexta-feira uma mostra coletiva de obras de todos os artistas que ali expuseram nos últimos 15 anos, anunciaram hoje os serviços culturais do município.

Em comunicado, A Oficina, responsável pela gestão dos equipamentos culturais de Guimarães, sublinha que a exposição será “uma oportunidade rara” para “percecionar transversalmente aquilo que foi a dinâmica e singularidade programática” do Palácio Vila Flor, no contexto das artes plásticas e visuais.

Denominada “Palácio”, a mostra, distribuída por cerca de 850 metros quadrados e dois pisos, poderá ser visitada até 06 de março de 2021.

Alexandre Estrela, Adelina Lopes, André Cepeda, André Príncipe, António Júlio Duarte, António Olaio, Arlindo Silva, Daniel Blaufuks, Gabriela Albergaria, Gabriel Abrantes, Fernando Calhau, Fernando Brito, Hugo Canoilas, João Queiroz, José Almeida Pereira e José Loureiro são alguns dos artistas representados.

Há ainda para ver trabalhos de Manuel Caeiro, Paulo Mendes, Patrícia Almeida, Pedro Cabral Santo, Pedro Portugal, Pedro Sousa Vieira, Pedro Tudela, Sonoscopia, O Bergado, Salão Olímpico com Carla Filipe, Isabel Ribeiro, Renato Ferrão e Eduardo Matos.

A mostra contará também com obras saídas do Guimarães – Arte Contemporânea 2011 e do Laboratório das Artes – 10 Anos.

A exposição reúne, assim, obras da coleção d’A Oficina e obras mais antigas e recentes selecionadas pelos artistas.

Nos dias 19 de dezembro e 27 de fevereiro, haverá visitas orientadas à exposição, com duração aproximada de uma hora e limitadas a um máximo de sete participantes.

Disponíveis pelo valor de dois euros, as visitas decorrerão mediante inscrição prévia.

O Palácio Vila Flor é o espaço expositivo do Centro Cultural Vila Flor.

Continuar a ler

Guimarães

Foram de ‘scooter’ roubar maços de tabaco em Guimarães mas foram apanhados

Furto em estabelecimento comercial

em

Foto: GNR

Dois homens, de 16 e 30 anos, foram detidos, na madrugada desta segunda-feira, em flagrante a assaltar um estabelecimento comercial, em Selho São Jorge, no concelho Guimarães, anunciou hoje a GNR.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga da GNR refere que, no seguimento de uma denúncia por furto, os militares encontraram no local os suspeitos na posse do material furtado, designadamente 42 maços de tabaco e 170 euros em numerário, entre outros objetos.

Os bens furtados foram apreendidos e serão restituídos ao proprietário.

Foi ainda apreendido um ciclomotor utilizado no furto.

Os dois detidos serão presentes hoje ao Tribunal Judicial de Guimarães.

Continuar a ler

Guimarães

Novo ajuntamento esta madrugada em protesto pelas Festas Nicolinas em Guimarães

PSP identificou dezenas de jovens

em

Foto: Redes sociais

A PSP identificou dezenas de jovens que, pelas 05:00 desta segunda-feira, protestaram no centro de Guimarães pela realização das Festas Nicolinas. Esta situação acontece depois de, no domingo, ter-se registado ajuntamento, disperso pelas autoridades, no arranque daquelas tradicionais festividades.

Em declarações à Antena 1, o porta-voz da PSP, Nuno Bugalho Carocha, explica que, esta madrugada, “no centro da cidade de Guimarães, algumas dezenas de pessoa vieram com cartazes e alguns instrumentos fazer ruído para a rua em defesa da realização das Festas Nicolinas naquela cidade”.

“A nossa parte a postura foi obviamente de fazer cessar aquele incómodo para toda a população o mais depressa possível”, acrescenta o responsável.

PSP evitou “intervenção pela força” para dispersar aglomerado Nicolino em Guimarães

Ontem, perto de uma centena de pessoas juntou-se durante a manhã no centro histórico de Guimarães para dar mote ao início das Festas Nicolinas. Dezenas de pessoas tocaram bombos, como manda a tradição, enquanto outros conviveram para assinalar o início das mais tradicionais festas do berço do país.

Continuar a ler

Populares