Seguir o O MINHO

Ave

Famalicão entre os dez municípios do pais que melhor cuidam dos animais errantes

Centro de Recolha Oficial de Famalicão

em

Foto: Ilustrativa

Segundo a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) citada, esta quinta-feira, pelo Jornal de Notícias, Famalicão é um dos municípios portugueses que melhor cuida dos animais errantes, ocupando uma posição cimeira no top 10 dos municípios que mais animais recolhe da rua e também um dos que mais promove a sua adoção.

A autarquia inaugurou no inicio deste mês de setembro o novo Centro de Recolha Oficial Animal, que está instalado numa área de cerca de 5.500 metros quadrados e envolveu um investimento total superior a meio milhão de euros.

Para o presidente da Câmara, Paulo Cunha, “a proteção dos animais tem sido uma aposta estratégica do município que desde o início deste mandato dedica um pelouro à Defesa dos Animais e tem desenvolvido um conjunto de ações no âmbito da sensibilização, acolhimento, responsabilidade e dedicação animal”.

“Mas o trabalho da proteção dos animais em Famalicão não se esgota na Câmara Municipal há voluntariado, há dever cívico e há grupos informais, associações e até cidadãos neste setor com desempenho de exemplaridade nesta matéria”, acrescenta o autarca, citado em comunicado enviado à imprensa.

A autarquia inaugurou no inicio deste mês de setembro o novo Centro de Recolha Oficial Animal, que está instalado numa área de cerca de 5.500 metros quadrados e envolveu um investimento total superior a meio milhão de euros.

De acordo com comunicado da Câmara, o CROA “estará equipado com todas as condições para o cumprimento dos seus objetivos e das exigências e obrigações legais inerentes a um equipamento desta natureza”.

Entre outras valências, o espaço está dividido em instalações por espécie (canil, gatil e outras espécies), instalações individuais e de grupo, celas de quarentena e de ninhadas, enfermaria, armazéns, gabinete veterinário, zona de desinfeção e zona de recreio e atividade física para cães e gatos.

Populares