Seguir o O MINHO

Futebol

Famalicão entra a perder na I Liga

I Liga

em

Foto: Estoril-Praia SAD

Uma primeira parte de qualidade, na qual marcou por duas vezes, permitiu ao Estoril Praia vencer hoje o Famalicão (2-0) em partida da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol.

A boa primeira parte realizada acabou por conduzir os ‘canarinhos’ a um triunfo merecido na abertura da competição. Ao intervalo, o Estoril Praia vencia com justiça por 2-0 – resultado que haveria de se manter até final – graças aos golos apontados por Francisco Geraldes, aos 20 minutos, e Arthur Gomes, aos 45 minutos.

A maior capacidade da equipa da casa em criar situações de perigo verificou-se desde o apito inicial, com destaque para as finalizações de João Carlos, que atirou forte e ligeiramente por cima da baliza famalicense aos 08 minutos, e para um disparo potente de Gonçalo Esteves, que obrigou Luiz Júnior a ‘sacudir’ para canto aos 14.

As duas situações de remate moralizaram o Estoril Praia, que se colocou em vantagem à passagem dos 20 minutos, numa recarga atempada de Francisco Geraldes na pequena área, em resposta a defesa incompleta de Luiz Júnior, e manteve constantemente a sua baliza a salvo perante os intentos do Famalicão, que amiúde ia tentando criar perigo através de cruzamentos para a área.

O Estoril Praia voltaria a revelar-se mais eficaz sobre o intervalo, aos 45, numa recuperação de bola, seguida de boa movimentação e notável passe em profundidade de Tiago Gouveia para Arthur Gomes, que estava solto na área e não desperdiçou a oportunidade de ampliar o resultado.

Após o intervalo, o Famalicão dispôs de excelente ocasião para se reaproximar no resultado, beneficiando aos 50 minutos de uma grande penalidade cometida por Mor Ndiaye sobre Alejandro Millán, que se encarregou do pontapé, mas permitiu a defesa de Dani Figueira. Na recarga, Kadile não conseguiu melhor do que atirar por cima.

A defesa do seu guardião revelou-se um bálsamo para o Estoril Praia, que realizou uma prestação segura, com momentos de bom futebol, o que tornava difícil a reação do Famalicão, que apenas voltou a estar próximo de entrar no marcador aos 86 minutos, através de um remate forte de Jhonder Cádis, ao qual Dani Figueira se opôs com categoria.

O Estoril Praia concretizou uma entrada certeira na competição, conquistando os primeiros três pontos perante o seu público – na próxima ronda, o clube da Amoreira desloca-se a Guimarães para defrontar o Vitória local em 14 de agosto.

Por seu turno, ainda sem qualquer ponto conquistado, o Famalicão abrirá a jornada pelas 20:15 de sexta-feira, dia 12, numa receção ao SC Braga.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Estoril Praia – Famalicão, 2-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Francisco Geraldes, 20 minutos.

2-0, Arthur Gomes, 45 minutos.

Equipas:

– Estoril Praia: Dani Figueira, Gonçalo Esteves, Pedro Álvaro (Volnei Feltes, 82), Bernardo Vital, Joãozinho, Mor Ndiaye, Loreintz Rosier, Francisco Geraldes (James Léa-Siliki, 82), Tiago Gouveia (Tiago Araújo, 82), Arthur Gomes (Rodrigo Martins, 66) e João Carlos (Gilson Benchimol, 76).

(Suplentes: Jota Oliveira, Volnei Feltes, Rodrigo Martins, Serginho, Elias Achouri, Titouan Thomas, Gilson Benchimol, Tiago Araújo e James Léa-Siliki).

Treinador: Nélson Veríssimo.

– Famalicão: Luiz Júnior, Martin Aguirregabiria (Hernán de la Fuente, 82), Alexandre Penetra, Dylan Batubinsika, Rúben Lima (Youssouf Zaydou, 75), Gustavo Assunção (Pedro Brazão, 75), André Simões (Santi Colombatto, 65), Heri Tavares, Junior Kadile, Rui Fonte (Jhonder Cádiz, 65) e Alejandro Millán.

(Suplentes: Zlobin, Owen Beck, Pedro Brazão, Hernán de la Fuente, Youssouf Zaydou, Jhonder Cádiz, Cláudio Silva, Théo Fonseca e Santi Colombatto.

Treinador: Rui Pedro Silva.

Árbitro: Nuno Almeida (AF Algarve).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Francisco Geraldes (40), Bernardo Vital (70), Gonçalo Esteves (90+5), Santi Colombatto (90+7) e Joãozinho (90+8).

Assistência: 1.473 espectadores.

EM FOCO

Populares