Seguir o O MINHO

Famalicão

Famalicão apresenta o Labirinto das Artes

Em Requião

em

Foto: Divulgação/CM VN Famalicão

O projeto Labirinto das Artes, de “A Casa ao Lado”, foi apresentado esta segunda-feira numa quinta de Requião, a cerca de 10 quilómetros de Famalicão.

“Rodeado pela natureza, o Labirinto das Artes proporciona uma experiência ímpar e inesquecível aos visitantes, através de uma viagem exclusiva pela história mundial do grafismo, percorrendo diferentes épocas, costumes e técnicas de pintura com milhares de anos”, diz o texto de apresentação divulgado pela Câmara de Famalicão.

Foto: Divulgação/CM VN Famalicão

“São dez salas representativas de dez momentos da história, iniciando com a arte rupestre, no período paleolítico, passando pela idade dos metais, o antigo Egipto, a Grécia Antiga, o Império Romano, a Idade Média, o Renascimento, o neoclassicismo, o impressionismo e os movimentos artísticos do século XX, também conhecidos como Arte Moderna. As visitas são feitas à luz de lanternas, com música ambiente e monitorizadas por um guia que vai explicando as várias imagens”, pode ler-se no texto.

De acordo com os responsáveis Joana Brito e Ricardo Miranda o grande objetivo deste projeto é ajudar as crianças e jovens “a compreender a arte e perceberem que muito do que se faz hoje em dia já se fazia há milhares de anos, mas com outros instrumentos e materiais”.

Foto: Divulgação/CM VN Famalicão

“É um projeto fabuloso”, afirmou Paulo Cunha, presidente da Câmara.

“Este labirinto das artes é uma ferramenta muito relevante no contexto do processo educativo e formativo dos nossos cidadãos. É um percurso que permite, de uma forma imaginativa, criar condições para que as nossas crianças possam ter uma perceção mais rigorosa de um conjunto de factos históricos que é muito importante conhecer e que é um verdadeiro complemento àquilo que consideramos ser o verdadeiro projeto educativo concelho.

O Labirinto das Artes está pronto para receber visitas. Para além das dez salas que ficarão equipadas com audioguia, o projeto inclui ainda um conjunto de três laboratórios e oficinas, e um espaço verde e de lazer, com excelentes condições para fazer piqueniques. O público-alvo são grupos de crianças e jovens do pré-escolar até ao secundário, mas destina-se também a famílias e publico em geral.

Anúncio

Famalicão

Famalicão: Roubam 16 mil euros de moradia e deixam proprietário em estado grave

Em Ribeirão

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 65 anos, ficou com ferimentos graves na sequência de um violento assalto na moradia onde reside com a esposa, de 62, em Ribeirão, concelho de Famalicão, na terça-feira.

Os larápios entraram na moradia de forma violenta, dá conta o jornal Correio da Manhã, esta quinta-feira, relatando que os quatro assaltantes surpreenderam o casal no quarto, sequestraram a mulher na casa de banho e agrediram o companheiro, de forma a obter o código de um cofre.

Imagem via Correio da Manhã

A vítima acabou por revelar o código, não evitando ter sofrido ferimentos graves que o levaram a ser transportado diretamente para o Hospital de São João, no Porto.

Os ladrões, que ainda não foram alvo de detenção, terão levado 16 mil euros em dinheiro e várias peças em ouro. O mesmo jornal dá conta de que alguns documentos levados pelos assaltantes foram encontrados, na quarta-feira, em Lisboa.

A GNR de Famalicão registou a ocorrência que passou para investigação da Polícia Judiciária.

Continuar a ler

Famalicão

Morreu mulher vítima de explosão em Famalicão

No Hospital de São João

em

Hospital de São João. Foto: Divulgação

A mulher de 65 anos, que ficou, na passada segunda-feira, com o corpo totalmente queimado, na sequência de uma explosão dentro da sua habitação, em Joane,  no concelho de Famalicão, não resistiu aos ferimentos, com o óbito a ser declarado no Hospital de São João, no Porto. A informação é avançada pela rádio Cidade Hoje.

Em declarações a O MINHO, fonte do comando dos Bombeiros Famalicenses indicou que a vítima “ficou com a grande maioria do corpo queimado, entre 95% a 100%”, não confirmando os motivos da explosão, mas que se poderia tratar de uma fuga de gás.

Na altura, foi pedido um helicóptero para transportar a vítima até à unidade de queimados do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra (CHUC), mas o mesmo terá sido desmobilizado, segundo o INEM, por falta de camas na unidade hospitalar solicitada. A vítima acabou por ser transportada por via terrestre até ao Hospital de São João, onde acabou por falecer.

O MINHO, contactou, via telefone e email, o gabinete de comunicação do CHUC, para confirmar a versão do INEM relativamente às vagas, sendo que, até ao momento, não foi enviada qualquer resposta oficial.

Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Ganha 10 mil euros em raspadinha. “Só existem 40 em mais de 6 milhões”

Sorte

em

Foto cedida a O MINHO

Uma mulher, com cerca de 60 anos, ganhou, esta quarta-feira, em Famalicão, 10 mil euros na “Raspadinha do Amor”.

Esta é uma edição com mais de 6 milhões de cartões impressos, onde apenas 40 fornecem o valor máximo, como explicou Nuno Veloso, proprietário da Tabacaria Sampaio, na cidade de Famalicão, onde saiu o bilhete premiado.

Este é o segundo prémio, acima dos 5 mil euros, a sair nesta tabacaria nos últimos meses. Em agosto, um apostador, que pediu anonimato, ganhou 180 mil euros numa raspadinha “Pé de Meia”.

Continuar a ler

Populares