Seguir o O MINHO

Região

Fala francês? Randstad está a contratar para call centers de Viana, Fafe e Vieira do Minho

em

Foto: DR / Arquivo

A Randstad está a desenvolver um processo de recrutamento para o reforço da área de serviço de apoio ao cliente da Altice. No total, são mais de 100 vagas que estão em aberto, dirigidas a candidatos fluentes em francês disponíveis para iniciar funções no arranque de 2019. O objetivo é reforçar as equipas dos centros de atendimento de de Viana do Castelo, Fafe e Vieira do Minho, na região do Minho, e também de Amarante, Castelo Branco, Covilhã, Guarda, Lamego, Macedo de Cavaleiros, Oliveira do Hospital, Penafiel, Vila Real e Viseu, no resto do país, anunciou hoje a empresa de recursos.

“Estimular a diminuição da taxa de desemprego local, atrair população tecnicamente qualificada, criar postos de trabalho e revitalizar o tecido económico e social na zona interior do país são os objetivos centrais deste projeto desenvolvido em parceria pela Randstad para a Altice”, pode ler-se numa nota enviada a O MINHO.

Para além da criação de emprego fora dos grandes centros urbanos, um fator cada vez mais valorizado no atual contexto económico, este projeto tem uma componente social e formativa muito relevante, que cria oportunidades há muito desejadas para quem pretende viver e trabalhar na sua terra de origem bem como por quem pretende regressar, seja de outros pontos do país seja do estrangeiro.

“Esta parceria conta com uma forte vertente formativa na língua francesa: a Randstad, em conjunto com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), disponibiliza formação em francês aos candidatos com conhecimentos básicos no idioma que pretendam integrar o centro de atendimento”, é assinalado.

Os interessados em concorrer a estas vagas podem candidatar-se através do site da Randstad (https://www.randstad.pt/empregos-em-destaque/parlez-vous-francais/ ).

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Viana do Castelo

Presidente de Junta de Viana investigado por posse ilegal de arma

Industrial que tentou embarcar no Aeroporto do Porto

em

O presidente da União de Freguesias de Geraz do Lima, Viana do Castelo, está a ser investigado por posse de arma proibida, processo que corre no Ministério Público (MP) do Tribunal da Maia, disse hoje à Lusa fonte judicial.

Foto: DR / Arquivo

A fonte judicial, hoje contactada pela agência Lusa, escusou-se a dar pormenores sobre o processo, alegando “estar em fase de não poder ser publicitado”.

Apesar das tentativas, a Lusa não conseguiu falar o autarca Armindo Dias Fernandes (Armindo Lamas), de 50 anos. A funcionária da União das freguesias de Geraz do Lima, contactada pela Lusa, informou que o autarca “não estará em Portugal durante toda a semana”.

No passado dia 13, a PSP deteve Armindo Fernandes por posse de arma proibida na zona de controlo de embarque do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia.

De acordo com comunicado do Comando Metropolitano do Porto da PSP, o autarca e empresário, residente em Geraz do Lima Santa Maria, Viana do Castelo, foi detido na sequência de ter sido detetado que transportava na sua bagagem de mão uma arma de fogo e seis munições quando pretendia embarcar num voo internacional.

A arma e as munições, que foram apreendidas, foram detetadas na zona de controlo de embarque por funcionários da empresa de segurança que opera aquele serviço.

O detido, industrial e de 50 anos, foi notificado para comparecer junto das autoridades judiciárias.

Nas eleições autárquicas de 2017, Armindo Lamas foi reeleito presidente da União das freguesias de Geraz do Lima (Santa Maria, Santa Leocádia e Moreira) e Deão com 59,08% dos votos, contra 15,99% alcançados pelo PSD.

O movimento independente que lidera União e Progresso (UEP) conquistou sete mandatos.

Continuar a ler

Famalicão

Famalicão cede gratuitamente projetos de florestação e oferece plantas

Programa ambiental “24 mil árvores até 2025”

em

Foto: CM Famalicão

A Câmara de Vila Nova de Famalicão está a ceder gratuitamente projetos de florestação e reflorestação, oferendo também plantas e árvores autóctones, como pilriteiros, medronheiros, faias, cerejeiras bravas, plátanos bastardos, amieiros e salgueiros, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado enviado à Lusa, a autarquia refere que a iniciativa, inserida no programa ambiental “24 mil árvores até 2025”, destina-se a proprietários de terrenos que estão por lei obrigados a ter aquele tipo de projetos.

Os proprietários que aderirem ao projeto, explica o texto, “têm apenas realizar os trabalhos de preparação dos terrenos para a plantação das árvores e autorizar a presença de técnicos da autarquia e de voluntários para a realização de tarefas necessárias à plantação de árvores e cuidados posteriores por um período de cinco anos”.

A autarquia exige ainda que os proprietários se abstenham de abater as árvores plantadas por um período de mínimo de 15 anos.

A autarquia, por seu lado, “compromete-se a financiar o projeto de arborização dos terrenos que deverá ser submetido ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e a custear e ceder as árvores a plantar, ajustando com os proprietários as condições de plantação, respeitando os usos de propriedade”.

O projeto, além da reflorestação de terrenos privados, prevê a criação de berçários de espécies autóctones criados pelas eco-escolas e que depois integram estes projetos e uma campanha de adoção de árvores, que decorre várias vezes por ano, em Famalicão.

O objetivo daquele programa ambiental, salienta o município, é “reabilitar aproximadamente 25 hectares do território concelhio através da plantação de 25 mil árvores e arbustos nativos da região em áreas urbanas, espaços rurais, ao longo das linhas de água e em montes e serras”.

A iniciativa arrancou em setembro 2016 e até ao momento já foram plantadas perto de 14 mil árvores ao abrigo deste projeto.

Continuar a ler

Braga

Norte americano Micah P. Hinson toca no Theatro Circo, em Braga, a 01 de fevereiro

Músico apresenta disco mais recente

em

O norte-americano Micah P. Hinson vai tocar no Theatro Circo, em Braga, no próximo dia 01 de fevereiro. Os bilhetes custam entre cinco e dez euros.

O grande motivo deste regresso a Portugal é o seu mais recente álbum When I Shoot At You With Arrows, I Will Shoot To Destroy You editado em outubro passado, gravado em apenas 24 horas com 24 músicos.

O disco é inspirado em vários aspetos da sua vida como o amor pela sua família, pelas drogas, pelo acidente de carro que quase foi fatal, à perda de sensibilidade nos seus braços e costas, pelo tempo em que passou atrás de grades ou na companhia de doentes psíquicos.

Continuar a ler

Populares