Seguir o O MINHO

Ave

Fafe promove programa de espetáculos ao ar livre para apoiar artistas locais

Covid-19

em

Apresentação do programa "Há música na arcada". Foto: Divulgação / CM Fafe

A Câmara de Fafe inicia no dia 19 um programa de 17 espetáculos musicais com artistas locais, para apoiar os profissionais do setor cultural concelhio, muito afetado com a pandemia, segundo a autarquia.


O vereador Pompeu Martins explicou hoje que este projeto, designado “Há música na Arcada”, visa também “animar as noites de verão e trazer de volta a expressão dos artistas locais e respetivas equipas técnicas de som, luz e audiovisual”.

Em declarações à Lusa, o autarca responsável pelo pelouro da Cultura acentuou que o setor foi um dos mais afetados com a pandemia de covid-19, dado o cancelamento de espetáculos no decurso do estado de emergência e de calamidade, não só no concelho, mas por todo o país.

Pompeu Martins anotou, por outro lado, que todos os espetáculos ocorrerão cumprindo todas as medidas de segurança definidas pela Direção-Geral da Saúde para eventos ao ar livre.

Os espetáculos vão realizar-se na Arcada, “num espaço devidamente delimitado, sendo necessário que os espetadores sejam titulares de bilhete de ingresso, a levantar na Loja de Turismo, ainda que todos os espetáculos sejam de acesso gratuito”.

Os lugares estarão previamente identificados, dando preferência aos sentados, cumprindo um distanciamento físico entre espetadores de 1,5 metros.

Os espetáculos vão realizar-se todos os fins de semana até 15 de agosto.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 406 mil mortos e infetou mais de 7,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.485 pessoas das 34.885 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), paralisando setores inteiros da economia mundial.

Anúncio

Ave

Lar em Cabeceiras de Basto com 50 utentes infetados

Covid-19

em

Foto: DR

O Lar Dr. Manuel Fraga, integrante da Santa Casa da Misericórdia de Cabeceiras de Basto, tem 50 utentes e nove funcionários infetados. A informação foi este domingo avançada pela provedora Natália Correia, citada pela Rádio Voz de Basto.

De acordo com a provedora, todos os utentes se encontram “assintomáticos” e “estão bem”. Avança ainda que a instituição já ativou o plano de contingência.

As autoridades de saúde estão a acompanhar este novo surto que surge em mais um lar minhoto durante a segunda vaga de pandemia de covid-19.

Continuar a ler

Ave

Incêndio atinge casa em Fafe

Incêndio habitacional

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Um incêndio habitacional está a atingir uma moradia situada na freguesia de Travassos, em Fafe.

No local estão 17 bombeiros da corporação de Fafe a tentar extinguir as chamas, apoiados por cinco viaturas.

Pelo que foi possível apurar, as chamas ficaram circunscritas a uma arrecadação, local onde terá tido início o incêndio.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Fonte dos bombeiros disse a O MINHO que não há vítimas a registar, havendo, no entanto, avultados danos materiais, sobretudo pelo material que existia dentro da arrecadação, que terá ficado completamente destruído.

O alerta foi dado às 14:18.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães reforça ações de sensibilização no terreno para combate à pandemia

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães anunciou um reforço na “importância das atitudes individuais para prevenir a disseminação da doença da covid-19, em articulação com várias instituições, através de iniciativas em curso”.

O presidente da Câmara, Domingos Bragança, insiste que “a comunicação direta com a população é uma das melhores armas que temos de usar de uma forma assertiva para sensibilizar a comunidade a cumprir todas as regras de segurança recomendadas pelas autoridades de saúde”. Domingos Bragança alerta que “a responsabilidade é de todos” e no âmbito deste período de incertezas “torna-se fundamental chegar a cada uma das pessoas para terem uma melhor consciência da importância das medidas de prevenção”.

Através de uma unidade móvel multimédia estão ser exibidas mensagens de alerta e recomendações, com passagens pelas freguesias do concelho de Guimarães. A Polícia Municipal está, igualmente, a ter um desempenho no terreno no âmbito da prevenção, na interação com as pessoas.

Através das propostas apresentadas pela Bolsa de Facilitadores, criada pelo Gabinete de Juventude, foram ainda elaborados vídeos com mensagens direcionadas para a população mais jovem, em colaboração com os profissionais de saúde do Hospital da Nossa Senhora da Oliveira, com transmissão nos canais do Município de Guimarães.

A todas estas ações acrescem as equipas multidisciplinares, quer as de suporte escolar, quer as de suporte comunitário.

Continuar a ler

Populares