Exposição “Novos Diálogos no Acervo” inaugurada no sábado no Museu da Bienal de Cerveira

Com obras de 16 artistas

A coleção do Museu Bienal de Cerveira volta a estar patente ao público na exposição “Novos Diálogos no Acervo”, a inaugurar no sábado, com obras de 16 artistas portugueses, espanhóis, israelitas e ingleses, foi hoje divulgado.

A Fundação Bienal de Arte de Cerveira (FBAC) pretende promover a arte contemporânea no plano nacional e internacional, através de uma programação anual multidisciplinar, que contempla, fundamentalmente, a organização do evento Bienal Internacional de Arte de Cerveira e a gestão, conservação e divulgação do Museu Bienal de Cerveira.

A exposição “Novos diálogos no Acervo” pretende dar continuidade ao trabalho de promoção da coleção da FBAC que é composta por cerca de 700 obras de arte, representativas da evolução da arte moderna e contemporânea portuguesa e internacional das últimas 4 décadas.

Com entrada livre, a exposição “Novos Diálogos no Acervo” estará patente até 31 de dezembro.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Estudo reforça valor das medidas de saúde pública para controlar pandemia

Próximo Artigo

Space Festival decorre de 26 a 28 deste mês em Caminha

Artigos Relacionados
x