Exposição da Bienal de Cerveira atravessa fronteira e vai até Vigo

O Centro de Língua Portuguesa de Vigo, na Galiza, acolhe o projeto internacional “Aquarte – Uma mirada galaico-portuguesa sobre o rio Minho 2017”, no âmbito da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

Segundo a Fundação Bienal de Cerveira, a exposição, que vai estar patente até 15 de setembro, resulta de um desafio lançado em 2016, que convidou quatro artistas portugueses e quatro espanhóis a descer o rio Minho.

“Contribuindo para a cooperação cultural transfronteiriça, o objetivo deste projeto consiste, assim, em apresentar a visão destes oito jovens criadores das duas margens do rio, como testemunho de uma identidade comum”, sustenta a FBAC.

Os portugueses Nazaré Alvares, Márcio Costa, Ricardo de Campos, Filipe Rodrigues e os espanhóis Alfonso Rey, Nerea Castro, Delio e Verónica Vicente, são os artistas representados na mostra.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

"Amares em Fado" invade Terreiro de Santa Maria de Bouro

Próximo Artigo

Quinta edição da MostrArt abre sábado com o tema ‘Stop Bullying’

Artigos Relacionados
x