Seguir o O MINHO

País

Exportações sobem 18,1% e importações 21,1% em 2021

Economia

em

Foto: DR / Arquivo

As exportações portuguesas de bens aumentaram 18,1% e as importações 21,1%, em 2021 face ao ano anterior, numa “forte aceleração” face aos decréscimos de 10,3% e 14,8% registados em 2020, divulgou hoje o INE.

Segundo os resultados preliminares avançados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2021 as exportações somaram 63.476,7 milhões de euros e as importações ascenderam a 82.518,0 milhões de euros, o que se traduz num défice da balança comercial de 19.041 milhões de euros (mais 4.653 milhões de euros face ao ano anterior) e num decréscimo de 2,0 pontos percentuais na taxa de cobertura, para 76,9%.

Já comparativamente a 2019, o défice da balança comercial diminuiu em 1.033 milhões de euros, tendo as exportações e a importações apresentado acréscimos de 6,0% e de 3,2%, respetivamente.

De acordo com o INE, “esta evolução resulta em parte da variação de preços, que de janeiro a novembro registaram, face ao mesmo período do ano anterior, acréscimos de 7,1% nas exportações e 8,6% nas importações. Excluindo os produtos petrolíferos, as variações registadas foram de +5,6% e +5,1%, respetivamente”, nota o INE.

Em 2020, primeiro ano da pandemia, as exportações tinham caído 10,3%, recuando pela primeira vez desde 2009, enquanto as importações tinham diminuído 14,8%.

Excluindo combustíveis e lubrificantes, as exportações e as importações cresceram respetivamente 16,7% e 17,4% em 2021 face ao ano anterior (-8,9% e -12,3% em 2020, pela mesma ordem) e aumentaram 6,3% e 3,0% face a 2019.

O défice da balança comercial excluindo combustíveis e lubrificantes situou-se em 13.212 milhões de euros, aumentando 2.275 milhões de euros face a 2020 e diminuindo 1.424 milhões de euros face a 2019.

Populares