Seguir o O MINHO

Região

Ex-PSD e ex-Governador Civil de Braga é o candidato do ‘Aliança’ às legislativas

Consultor chegou a ser um dos principais rostos dos social-democratas no Distrito

em

Foto: DR

Luís Cirilo Carvalho foi a escolha do ‘Aliança’ para cabeça de lista por Braga do partido cujo líder é Pedro Santana Lopes. A caminho dos 60 anos (faz em Outubro), o ex militante do PSD e ex-Governador Civil de Braga (2002-2003) assume-se como o rosto de um dos mais recentes partidos do espectro político português.


Natural de Guimarães, Luís Cirilo Carvalho fez o seu percurso profissional, sobretudo, na banca e atualmente é consultor.

Já o percurso político foi tudo ele ligado ao PSD. Foi militante da JSD e do PSD (desde 1977), esteve na Assembleia Municipal de Guimarães, foi secretário geral adjunto e conselheiro nacional.

Fez também parte dos órgãos sociais do Vitória Sport Clube, onde foi vice-presidente da Mesa da Assembleia-geral (entre 1995 e 1998), secretário-geral (entre 1999 e 2002) e vice-presidente para o Futebol e Modalidades (2012).

Em 2018 aparece como número dois da comissão instaladora do ‘Aliança’, partido fundado por Pedro Santana Lopes depois da sua saída do PSD e onde estão outros ex-social democratas e até ex-CDS.

A escolha de Luís Cirilo foi conhecida, ontem, na Figueira da Foz, na reunião do Senado do partido e onde Santana Lopes foi aprovado como cabeça-de-lista por Lisboa. Bruno Ferreira Costa será o rosto pelo Porto.

Foram ainda aprovados os nomes de Carlos Medeiros por Setúbal, Joaquim Sousa pela Madeira, Jorge Medeiros pelos Açores, Ana Camilo por Castelo Branco, Ana Rosado Fonseca por Évora, Odília Lopes por Faro, Rui Sousa por Santarém, Maria João Gaspar por Vila Real e Pedro Escada por Viseu.

Aproximação ao partido ‘Nós, Cidadãos!’

Na reunião de ontem, o senado do partido deu parecer favorável para que a direção, liderada pelo antigo primeiro-ministro Santana Lopes, inicie “o processo de negociação de uma coligação pré-eleitoral” com o partido Nós, Cidadãos! e com outras forças políticas convidadas, disse o vice-presidente do Aliança, Bruno Ferreira Costa, que falava à agência Lusa no final da reunião.

Durante a semana, o partido Nós, Cidadãos! tinha lançado o desafio ao Aliança para uma coligação pré-eleitoral “ao centro”.

Segundo Bruno Ferreira Costa, há abertura por parte do partido “para uma coligação pré-eleitoral para as legislativas com as forças democráticas do centro e centro-direita, para fazer face à frente de esquerda”.

O vice-presidente do Aliança salientou que há, no entanto, partidos com os quais esta força política não estará disponível para formalizar uma coligação, como é o caso do partido Chega, liderado por André Ventura.

Durante o dia, que contou também com uma reunião da Direção Política Nacional da parte da manhã, o Senado aprovou também “as traves mestras da linha programática do partido”, que terá o combate à pobreza e à exclusão social como “uma causa transversal” na redação do programa eleitoral, referiu.

O combate à corrupção, a requalificação do Serviço Nacional de Saúde, o crescimento económico e a coesão social e territorial são outras das “traves mestras” definidas pelo Aliança, disse.

Anúncio

Braga

Hospital Lusíadas Braga mudou de cor em homenagem aos doentes e profissionais de saúde

Saúde

em

Foto: Divulgação / Lusíadas

A Lusíadas Saúde iluminou o futuro Hospital Lusíadas Braga e alterou o layout das suas redes sociais e site para cor de laranja, de forma a assinalar o Dia Mundial da Segurança do Doente, comemorado na quinta-feira em todo o mundo sob a chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS), anunciou aquele grupo de saúde.

Num nota publicada no seu site, a administração refere que os profissionais de saúde da Lusíadas receberam máscaras alusivas à data, com a mensagem ‘Profissionais Seguros, Doentes Seguros’.

Isabel Pereira Lopes, Chief Quality Officer da Lusíadas Saúde, afirma que “num ano tão duro e desafiante para os profissionais de saúde, a celebração do Dia Mundial da Segurança dos Doente dedicado à segurança dos profissionais de saúde é o reconhecimento do trabalho e dedicação de todos nós”.

“No Grupo Lusíadas Saúde, temos sido pioneiros na adoção de estratégias que contribuem para a garantir a qualidade e segurança de todos os nossos profissionais de saúde, de forma a também conseguirmos honrar o compromisso de excelência que assumimos perante os nossos doentes. Mobilizamos permanentemente todos os nossos colaboradores a divulgarem uma mensagem que é global, aplaudindo a prioridade assumida pela Organização Mundial da Saúde nesta área”, acrescenta.

Comemorado pela primeira vez em 2019, a Organização Mundial de Saúde estabeleceu como objetivos para a celebração do Dia Mundial da Segurança do Doente o aumento da consciencialização e o envolvimento do público, a melhoria da compreensão global e o estímulo da solidariedade e ação globais para a promoção da segurança do doente.​

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Amares com 20 casos ativos e Terras de Bouro com 13

Dados locais

em

Foto: DR

O concelho de Amares registava 20 casos ativos da infeção por covid-19 até às 18:00 horas de quarta-feira, mais onze do que no último balanço feito por O MINHO, a 20 de agosto.

Já o concelho de Terras de Bouro, que comporta as freguesias de Rio Caldo, Vilar da Veiga e a vila do Gerês, regista atualmente 13 casos ativos com o novo coronavírus.

Amares regista um acumulado de 106 casos desde o início da pandemia enquanto que Terras de Bouro regista 31, segundo o relatório divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) na passada segunda-feira.

Portugal regista hoje mais 10 mortos e 770 novos casos de infeção por covid-19, em relação a quarta-feira, segundo o boletim epidemiológico diário da DGS.

É o maior número de mortes diário desde 9 de julho.

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 66.396 casos de infeção confirmados e 1.888 mortes.

Há ainda 44.794 recuperados, mais 266 do que ontem.

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Concelho de Braga com 211 casos ativos e 433 em isolamento

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O concelho de Braga registou oito novas infeções pelo novo coronavírus desde a passada terça-feira.

Estes dados, apurados por O MINHO junto de fonte local da saúde, foram atualizados às 18:00 desta quinta-feira.

Durante o mesmo período, não houveram casos de recuperações do SARS CoV-2, totalizando o concelho 1.393 casos recuperados desde o início da pandemia.

Em termos acumulados, são já 1.678 casos de pessoas infetadas com a doença.

Lamentam-se ainda 74 óbitos, número que permanece igual desde o passado dia 16 de junho.

Existem, atualmente, 211 casos ativos de covid-19 em todo o concelho de Braga.

Há ainda 433 pessoas em isolamento sob vigilância da autoridade de saúde, mais 79 do que há dois dias.

Continuar a ler

Populares