Seguir o O MINHO

Região

Eutanásia. Saiba como votaram os deputados de Braga e Viana do Castelo

em

Foto: DR/Arquivo

A Assembleia da República chumbou esta terça-feira projetos de lei do PAN, BE, PS e PEV para a despenalização da eutanásia.


Conheça a votação de cada um dos 16 deputados eleitos pelo distrito de Braga (o deputado Rui Silva, do PSD, faltou; foi o único que não esteve presente dos 230) – e dos seis deputados eleitos pelo distrito de Viana do Castelo.

BRAGA

Carla Cruz (PCP)

CONTRA os 4 projetos.

Clara Marques Mendes (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Emídio Guerreiro (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Fernando Negrão (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Hugo Soares (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Joaquim Barreto (PS)

A FAVOR do projeto do PS. Absteve-se nos restantes.

Joel Sá (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Jorge Paulo Oliveira (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Luís Soares (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Maria Augusta Santos (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Nuno Sá (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Palmira Maciel (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Pedro Soares (BE)

A FAVOR dos 4 projetos.

Rui Silva (PSD)

FALTOU. (Segundo o jornal “Semanário V”, o deputado de Vila Verde pediu escusa por se encontrar numa deslocação partidária à China).

Sónia Fertuzinhos (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Telmo Correia (CDS/PP)

CONTRA os 4 projetos.

Vânia Dias da Silva (CDS/PP)

CONTRA os 4 projetos.

VIANA DO CASTELO

Carlos Abreu Amorim (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Emília Cerqueira (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Ilda Araújo Novo (CDS/PP)

CONTRA os 4 projetos.

José Manuel Carpinteira (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Luís Campos Ferreira (PSD)

CONTRA os 4 projetos.

Sandra Pontedeira (PS)

A FAVOR dos 4 projetos.

Nas contas finais da votação dos 229 deputados presentes, o projeto que recebeu mais votos a favor foi o do PS, com 110 votos, tendo recebido 115 votos contra e 4 abstenções. Os projetos do Bloco de Esquerda e do PEV tiveram 104 votos a favor e 107 votos contra, com 8 abstenções. O projeto do PAN teve 104 votos a favor e 116 contra, com 11 abstenções.

Anúncio

Braga

Eurodeputado do Minho confirma “bazuca” de 13 mil milhões para Portugal

Economia

em

Foto: DR

O eurodeputado José Manuel Fernandes, de Vila Verde, anunciou esta quinta-feira a confirmação do acordo sobre o Mecanismo de Recuperação e Resiliência, onde se inclui o pacote de 13 mil milhões de euros para Portugal, que chega ao país a partir de 2021 e até 2027.

Este projeto agora aprovado tem o objetivo de atenuar o impacto económico e social da pandemia de covid-19, segundo o Centro de Informação Europeia Jacques Delors, prespetivando uma maior sustentabilidade e resiliência das economias da União Europeia (UE).

“No Parlamento Europeu, chegamos a acordo sobre o Mecanismo de Recuperação e Resiliência, de que faz parte a chamada bazuca”, disse o anterior presidente da distrital PSD de Braga.

“Este dinheiro precisa de ser bem investido, no emprego jovem, nas Pequenas e Médias Empresas, na saúde. Deve, acima de tudo, acrescer e não substituir o Estado”, sublinha o eurodeputado do PPE e antigo presidente da Câmara de Vila Verde eleito entre 1997 e 2009 pelos sociais-democratas.

“Por isso, precisamos de monitorizar muito bem este dinheiro, para que ele seja usado com transparência para favorecer a competitividade e produtividade”, afirma.

De acordo com o mesmo centro de informação, consultado por O MINHO, Portugal deve definir programas de reformas e investimentos através de um “pacote coerente” a executar até 2024.

Há a necessidade deste pacote de programas assegurar o reforço do potencial de crescimento, resiliência e coesão do país. A sua distribuição será faseada em parcelas à medida que que forem cumpridos os objetivos traçados nesses programas.

Continuar a ler

Região

Árvores caem em Braga, Guimarães, Fafe e Arcos de Valdevez

Acidentes

em

Queda de árvore em Creixomil, Guimarães. Foto: O MINHO

O aumento da intensidade do vento ao início da madrugada desta quinta-feira provocou uma série de queda de árvores um pouco por todo o Minho.

No concelho de Braga, depois das 23:00 horas, há registo de queda de árvore na região do Sameiro e ainda na Avenida Central, em pleno centro da cidade. Ao que apurou O MINHO, não há feridos nem danos materiais a registar destas duas ocorrências.

Árvore caída na Av. Central, em Braga. Foto: José Silva

Já em Fafe, uma árvore de grande porte caiu em cima de pelo menos quatro automóveis e de parte de um edifício, provocando alguns estragos.

Em Guimarães, uma árvore caiu em cima de quatro carros, no condomínio Belo Horizonte, em Creixomil. Há danos materiais nas viaturas mas não há registo de feridos.

Queda de árvore em Creixomil, Guimarães. Foto: O MINHO 

Em Arcos de Valdevez, duas árvores caíram, uma no Mezio, na serra do Soajo, e outra numa estrada municipal, já perto do centro da vila. Desconhece-se os estragos provocados por estas duas últimas quedas.

Continuar a ler

Alto Minho

Todos os utentes e funcionários da Misericórdia de Paredes de Coura negativos à covid-19

Covid-19

em

Foto: Facebook / Misericórdia de Paredes de Coura

Todos os utentes e funcionários do Lar Senhora da Conceição, da Santa Casa da Misericórdia de Paredes de Coura, testaram negativo para a covid-19, anunciou a instituição ao final desta quarta-feira.

No total, foram testadas 43 pessoas, entre idosos e colaboradores, resultando em negativo para todos.

Recorde-se que no passado dia 24 de outubro, há cerca de 15 dias, cinco colaboradores testaram positivo ao novo coronavírus, lançando um alerta dentro daquele organismo.

A instituição fez testes aos utentes nos dias que se seguiram e todos resultaram negativo. Já nesta quarta-feira, foram recebidos novos testes a todos os funcionários daquela ERPI, com o resultado a ser de alegria para todos.

“Esperança… foi o que ao longo destes quase quinze dias nos guiou”, escreveu a direção da ERPI através das redes sociais.

“Apesar destas boas notícias, sabemos que não podemos descurar a nossa atenção para o momento difícil que vivemos em termos de propagação desta pandemia e continuaremos a cumprir todas as medidas para que quem reside no Lar Nossa Sr.ª da Conceição permaneça protegido”, acrescenta.

“Continuamos a Nossa luta com a Esperança que todos vamos ficar bem”, reforça a instituição.

Continuar a ler

Populares