Seguir o O MINHO

Braga

Europeias: PS foi o partido mais votado no distrito de Braga com 33,5% – resultados

Resultados oficiais

em

O PS foi o partido mais votado no distrito de Braga nas eleições europeias de hoje, com 33,50% dos votos, quando estão apurados os resultados das 347 freguesias, segundo os dados oficiais da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna.

É o seguinte o quadro completo dos resultados às 23:02 horas, com a comparação com os dados correspondentes às mesmas freguesias na eleição de 2014, de acordo com as votações divulgados pela secretaria geral do Ministério da Administração Interna:

Fonte: Resultados Oficiais

A nível nacional, José Manuel Fernandes (PSD, Vila Verde) e Nuno Melo (CDS, Vila Nova de Famalicão) foram eleitos para o Parlamento Europeu, para o período de 2019 a 2024.

 

Europeias: PS foi o partido mais votado no distrito de Viana com 32,2% – resultados

Anúncio

Braga

Braga: Motociclista ferido após ser abalroado por condutor em fuga

Em São Lázaro

em

Foto cedida a O MINHO

Um jovem motociclista de 23 anos foi abalroado por uma viatura que se terá posto em fuga, esta quinta-feira à noite, em São Lázaro, Braga.

Ao que O MINHO apurou, a vítima acabou por ser projetado da motorizada, ficando com alguns ferimentos.

Foi acompanhado por populares até à chegada dos Bombeiros Voluntários das Taipas, que procederam à estabilização da vítima.

Foi transportado para o Hospital de Braga com ferimentos considerados ligeiros.

Fonte do comando distrital de Braga da PSP confirmou a O MINHO que o condutor da viatura se colocou em fuga.

“Esta polícia encontra-se a proceder a diligências no sentido de encontrar e identificar o condutor”, disse a mesma fonte.

Continuar a ler

Braga

Sameiro Araújo é a nova vice-presidente da Câmara de Braga

Substitui Firmino Marques

em

Foto: DR

A Câmara de Braga anunciou hoje que Sameiro Araújo é a nova vice-presidente da autarquia, substituindo no cargo Firmino Marques, que integra a lista do PSD às legislativas de outubro, continuando no executivo como vereador.

Segundo um comunicado enviado à Lusa pela autarquia, “uma vez que o estatuto formal de candidato é incompatível com o exercício da função de vice-presidente da câmara”, Sameiro Araújo, até agora vereadora do Desporto e Juventude, assume “a partir de hoje, sexta-feira, dia 23 de agosto”, aquele cargo.

“O vereador Firmino Marques continuará no imediato como vereador com pelouros e apenas cessará funções assim que tome posse na Assembleia da República”, lê-se.

A autarquia explica ainda que, “nos termos da lista de candidatos da coligação ‘Juntos por Braga’ às eleições autárquicas de 2017, assumirá funções como vereadora Olga Pereira, atual chefe de gabinete do presidente de câmara”, Ricardo Rio.

As eleições legislativas decorrem em 06 de outubro.

Continuar a ler

Braga

Guerra na Bragaparques: Manuel Rodrigues não pagou 105 milhões a que se comprometera

Domingos Névoa vai adiantar 65 milhões por 50% da Bragaparques

em

Foto: DR / Arquivo

O empresário Manuel Rodrigues, que, em conjunto com a mulher, detém 50  por cento da empresa de parques de estacionamento Bragaparques, não  pagou, até 16 de agosto, os 105 milhões de euros a que se comprometera  para ficar com a outra metade da sociedade, pertencente a Domingos  Névoa.

Ao que O MINHO soube, Névoa, que havia oferecido 65 milhões pela  parte de Rodrigues, vai, agora, executar a clausula do contrato,  segundo a qual se o sócio com a proposta mais alta não cumprir no  prazo contratual, o outro sócio fica com o direito de a adquirir pela verba oferecida.

A mesma fonte frisou que, dado que a mulher de Manuel Rodrigues interpôs, no Tribunal de Famalicão, uma ação judicial de destituição de Névoa como administrador, “o mais provável” é que não aceite os 65 milhões, obrigando Névoa a recorrer à via judicial, através de uma ação específica “para impor os seus direitos”.

Divórcio

Conforme O MINHO noticiou, em 2015, os dois, fundadores há 40 anos da  firma Rodrigues & Névoa, Lda (que foi crescendo até atingir 20  empresas), decidiram separar-se, tendo sido acordado que cada uma das firmas ficaria para o sócio que oferecesse o valor mais alto pela parte do outro.

O processo correu normalmente tendo, por exemplo, Manuel Rodrigues ficado com a empresa-mãe, a Rodrigues & Névoa (hoje OniRodrigues) e Névoa com a Carclasse, a concessionária Mercedes no Minho e em Lisboa.No caso da Bragaparques, Rodrigues avaliou-a em 210 milhões e Névoa em 130.

O primeiro devia ter pago até dezembro de 2018, mas alguns obstáculos jurídicos obstaram a que tal sucedesse. O prazo foi alargado até abril, de comum acordo, mas Rodrigues não liquidou a conta. No começo de agosto, Névoa deu oito dias ao seu antigo sócio para pagar, prazo que terminou sexta-feira.

Tribunal rejeitou

No começo do mês, um juiz do Tribunal de Comércio de Famalicão titular do processo rejeitou dar andamento a uma providência cautelar interposta por Fernanda Serino, mulher de Manuel Rodrigues, visando impedir Névoa, de imediato, de gerir a firma, e decidiu que a ação avança, mas com a contestação e audição do demandado e suas testemunhas. Mantendo-se este como administrador até ao julgamento da ação.

Nenhum dos dois empresários se quer pronunciar.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares