Seguir o O MINHO

Alto Minho

Eurocidade Valença/Tui homenageia peregrinos nos 130 anos de ponte internacional

em

A eurocidade Valença/Tui vai colocar, no sábado, na antiga ponte internacional sobre o rio Minho, um marco identitário do Caminho Português para Santiago, em homenagem aos peregrinos e comemorativo dos 130 anos daquela travessia.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Valença explicou que aquele ato simbólico, que decorrerá, no sábado, às 18h00 (hora portuguesa) na antiga ponte internacional “vem ao encontro da grande referência que as cidades assumem nos Caminhos de Santiago”, anunciando o “reforço da dinamização e promoção” daqueles percursos durante o ano em curso.

A presença em feiras de turismo internacionais, o acolhimento aos peregrinos, a manutenção dos percursos e sinaléticas e o reforço da informação útil e turística são algumas das iniciativas apontadas para promover aquele caminho.

Historicamente, Valença e Tui são “uma referência no Caminho Português para Santiago e com este ato reafirmarão os valores patrimoniais, culturais e paisagísticos deste traçado secular”, lê-se naquela nota.

Valença é o ponto de confluência, em direção a Santiago de Compostela, na Galiza, dos percursos do Caminho Central e da Costa, que integram o Caminho Português para Santiago de Compostela.

Desde 2005 que o concelho dispõe de um albergue de peregrinos, “o primeiro em território português”.

Além do albergue de São Teotónio, foi criado “um posto de atendimento aos peregrinos de apoio diário, na época de verão, no acolhimento e encaminhamento dos peregrinos, na sua passagem por Valença”.

“Entre Valença e Tui os peregrinos têm a oportunidade de, ao atravessar a antiga ponte internacional, estar com um pé em Portugal, e outro em Espanha. Este simbolismo passará a estar registado na ponte e a permitir a todos os peregrinos a oportunidade de, por imagem, registarem esta passagem histórica e simbólica entre os dois países”, acrescentou a autarquia.

Além de assinalar a importância da eurocidade na rota daqueles caminhos o marco que vai ser colocado no sábado pretende ainda celebrar os 130 anos da ponte internacional sobre o rio Minho, que liga Valença a Tui, na Galiza.

A ponte assegura a travessia rodoviária e ferroviária do rio Minho, entre Valença e Tui, na Galiza (Espanha), e foi inaugurada a 25 de março de 1886.

A ponte internacional de Valença é constituída por uma superstrutura em viga metálica de treliça, de rótula múltipla, com cinco tramos contínuos.

É propriedade conjunta da REFER e da Infraestruturas de Portugal (IP), bem como dos organismos públicos espanhóis Administrador de Infraestruturas Ferroviárias (ADIF) e Dirección General de Carreteras.

Em janeiro de 2014 foi concluída uma obra de reforço e reabilitação das fundações da centenária ponte internacional de Valença, iniciada em dezembro de 2011 e que custou 3,5 milhões de euros.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Valença. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares