Seguir o O MINHO

Futebol

“Estou muito realizado como treinador, só não estou com os pontos na liga”

Antevisão do jogo em Portimão para a 7.ª jornada da I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

Ricardo Sá Pinto disse este sábado que o Sporting Clube (SC) de Braga “merece mais” do que a atual 16.ª posição na I Liga de futebol e quer elevar a eficácia para vencer o Portimonense, no domingo, na sétima jornada. Diz ainda estar “muito realizado como treinador”, mas admite que faltam pontos ao Braga na liga.

“Este jogo vale três pontos como todos os outros, mesmo se tivéssemos vencido o Marítimo [2-2] queríamos vencer o Portimonense. Faltam 28 jornadas, estamos a cinco pontos do objetivo e vamos à procura da vitória num campo tradicionalmente difícil, diante de uma boa equipa, com jogadores de qualidade e muito difícil de bater no seu terreno, como vimos recentemente contra equipas grandes”, afirmou na antevisão da deslocação ao Algarve.

Apesar de não vencer para o campeonato desde a primeira jornada, há mais de um mês e meio (3-1 ao Moreirense), Sá Pinto considera que os jogadores estão “otimistas e confiantes” e que a equipa “merece mais”.

O treinador dos minhotos disse esperar um Portimonense “com personalidade” e a querer jogar pela “positiva”, comparando com o “‘autocarro'” que o Braga enfrentou na última ronda, em casa, diante do Marítimo.

“Fomos surpreendidos com um autocarro, um bloco muito baixo do Marítimo, que tem jogadores de qualidade para fazer outro jogo, a cultura do clube é outra, mas respeito as ideias do treinador e cada um sabe da sua casa”, disse.

O técnico considerou que a sua equipa teve nesse jogo “um volume ofensivo muito bom, com várias oportunidades, mas não concretizou, faltou essa eficácia”.

“O Portimonense tem uma ideia de jogo positiva, que gosta de jogar, não baixa o bloco, em casa não é isso que observámos”, atalhou.

O treinador disse ainda que “o processo não está acabado”.

“Mas não tenho dúvidas de que o caminho é este. Eu gosto, os jogadores também gostam, a equipa diverte-se. Estou muito realizado como treinador, só não estou com os pontos na liga, mas, melhorando a eficácia, vai ser suficiente para ganhar os jogos”, disse.

Fransérgio vai cumprir o segundo jogo de castigo e Tiago Sá, Tormena, Raul Silva, Wallace e Wilson Eduardo continuam de fora a recuperar de lesões, sendo que os dois últimos são os que mais próximos estão de regressar, devendo integrar o grupo na próxima semana, informou o técnico.

Sporting de Braga, 16.º classificado, com cinco pontos, e Portimonense, 13.º, também com cinco, defrontam-se a partir das 18:00 de domingo, no Estádio Municipal de Portimão.

Anúncio

Futebol

Santa Clara com testes negativos à covid a cinco dias de defrontar SC Braga

Regresso da I Liga

em

Foto: CD Santa Clara / Facebook

Os testes de despiste à covid-19 feitos à comitiva do Santa Clara, da I Liga de futebol, deram todos negativos à infeção pelo novo coronavírus, avançou no domingo o clube açoriano na rede social Facebook.

“Os testes de deteção laboratorial ao SARS-CoV-2 recolheram resultados negativos, na totalidade dos elementos testados”, informou o emblema açoriano naquela rede social.

Os testes, que abrangeram todos os 45 elementos da comitiva, foram realizados no sábado, dia em que a equipa chegou à Cidade do Futebol, onde irá disputar os jogos do campeonato na condição de visitado.

Fonte oficial do clube avançou à Lusa que os elementos do Santa Clara irão realizar novos testes à covid-19 na próxima terça-feira e na quinta-feira.

A mesma fonte disse que a equipa açoriana vai ter treino de campo hoje à tarde na Cidade do Futebol, altura em que João Henriques irá começar a preparar o encontro frente ao SC Braga, marcado para 05 de junho, às 18:00.

Nas restantes jornadas, os ‘encarnados’ de Ponta Delgada vão enfrentar o Vitória de Setúbal (fora), o Portimonense (casa), o Benfica (fora), o Boavista (fora), o Marítimo (casa), o Sporting (fora), o Aves (casa), Rio Ave (fora), e Vitória SC (casa).

Uma vez que o último jogo do campeonato frente aos vimaranenses ainda não tem data marcada, o emblema insular ainda não sabe quando irá regressar aos Açores.

A Cidade do Futebol, em Oeiras, irá receber os jogos em casa do Santa Clara, que irá jogar fora dos Açores para evitar possíveis surtos da covid-19.

A I Liga, na qual o Santa Clara está no 10.º lugar, com 30 pontos, tem o seu retorno previsto para 03 de junho, para se disputar as restantes 10 jornadas.

Após 24 jornadas, o FC Porto lidera a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Continuar a ler

Futebol

Assembleia Geral da Liga de clubes antecipada

Para 08 de junho

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

A Liga de clubes anunciou hoje que a Assembleia Geral foi antecipada para o dia 08 de junho, estando em discussão a forma de governação do organismo, bem como o aumento para cinco substituições na I Liga de futebol.

Na ordem de trabalhos constam vários pontos, entre eles a “discussão do modelo de governação”, a “apreciação, discussão e votação da proposta de alteração ao Regulamento de competições” ou a “votação da proposta de ratificação das deliberações do Plano de Ação para retoma da competição, datado de 29 de maio”, entre outros assuntos.

Fonte ligada ao processo disse à Lusa que Pedro Proença vai apresentar na AG um modelo de governação com uma direção executiva, sem clubes representados.

A liderança de Proença na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) tem sido questionada depois de ter sido divulgada uma carta do dirigente ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, solicitando a sua influência para fossem transmitidos em sinal aberto os restantes 90 jogos da I Liga, depois da interrupção devido à pandemia de covid-19.

O Benfica e o Cova da Piedade já decidiram abandonar a direção da Liga de clubes de futebol. Os ‘encarnados’ eram um dos cinco primodivisionários representados no executivo liderado por Pedro Proença, juntamente com FC Porto, Sporting, Tondela e Gil Vicente, num elenco que conta também com Mafra e Leixões da II Liga, para além do Cova da Piedade.

Outra das questões em análise será a entrada em vigor das cinco substituições, que tem de ser ratificada em AG, o que impede que possa acontecer no retomar da I Liga de futebol, marcada para quarta-feira, com o arranque da 25.ª jornada.

A antecipação da reunião magna vai permitir que medida seja aprovada em AG ainda antes do arranque da 26.ª jornada, que está marcada para 09 de junho, dia para o qual estava inicialmente marcada a AG.

A I Liga vai ser reatada sob fortes restrições e sem público nos estádios em 03 de junho, com o encontro entre Portimonense e Gil Vicente, naquele que vai ser o primeiro dos 90 jogos das últimas 10 jornadas, até 26 de julho.

Após 24 jornadas, o FC Porto lidera a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Além do principal escalão, também a final da Taça de Portugal, entre Benfica e FC Porto, integra o plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, ainda em data e local a designar.

Continuar a ler

Futebol

Defesa Kiki assina em definitivo pelo Vizela

II Liga

em

Foto: FC Vizela / Facebook

O Vizela, clube que foi promovido à II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje contratação do defesa Kiki, que assinou um vínculo válido por uma temporada.

O lateral-esquerdo português, de 25 anos, já tinha representado esta época o emblema minhoto, mas por empréstimo do Belenenses SAD, da I Liga, e apesar de ter participado em apenas oito jogos, mereceu a confiança dos responsáveis do clube para continuar em definitivo.

“Estou muito feliz por poder continuar a representar o Vizela neste regresso à II Liga. Agradeço a confiança que depositaram em mim para a próxima temporada. Espero ajudar a equipa a alcançar os objetivos desejados”, disse o defesa em declarações ao site do clube.

Kiki, que foi internacional sub-20 português, fez parte da sua formação no FC Porto e Rio Ave, tendo como sénior representado clubes como Atlético, Gil Vicente, Olhanenses ou Feirense, entre outros.

Além da continuidade de Kiki no plantel, o emblema vizelense já tinha anunciado a renovação do guarda-redes Ivo Gonçalves, dos avançados Diogo Ribeiro, Tavinho e Kiko Bondoso, dos médios Ericsson e Zag, do defesa João Pedro e a contratação de Richard Ofori, lateral esquerdo ex-Fafe.

O Vizela, a par do Arouca, foi indicado pela Federação Portuguesa de Futebol para a subida à II Liga Portuguesa de Futebol, depois do Campeonato Portugal, onde militava, ter sido interrompido, devido à pandemia de covid-19.

À data da suspensão da prova, o Vizela liderava a Série A com 60 pontos (mais oito que o segundo classificado Fafe), enquanto o Arouca estava em 1º lugar na Série B com 58 pontos (mais oito que o Lusitânia de Lourosa).

Continuar a ler

Populares