Seguir o O MINHO

Futebol

“Estivemos demasiado tempo a defender o resultado. Temos que dar mérito ao Famalicão”

Declarações após Famalicão – SC Braga (2-2)

em

Declarações do treinador do SC Braga, no final do encontro da 23.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol:

Carlos Carvalhal (treinador do SC Braga): “O jogo seria difícil para qualquer equipa do mundo aqui. Uma mudança de treinador desperta sempre os jogadores que jogam, os que não jogam, num clube e numa equipa que tem muitos bons jogadores. Estranhamente está numa posição que não é do valor desta equipa. E estávamos a prever uma reação forte desta equipa porque têm competência.

Entrámos razoavelmente bem no jogo. O Famalicão acaba por fazer o 1-0 num lance de bola parada. Tivemos a capacidade para reagir e reverter o resultado. Conseguimos estar ao intervalo 2-1. Fizemo-lo com muito mérito.

Na segunda parte, o plano era tentar fazer o terceiro golo para acabar o jogo. Essa era a nossa intenção. Mas a verdade é que o Famalicão reagiu muito bem. Fez uma boa segunda parte. A nossa equipa perdeu capacidade de pressão na frente, um bocadinho mais do que gostaríamos. Estivemos demasiado tempo a defender o resultado. Temos que dar mérito fundamentalmente ao Famalicão. Não jogamos sozinhos, temos adversários, [este] fez pela vida. Está numa posição incómoda, tem bons jogadores, tem um treinador novo, e isso levou a que a equipa jogasse nos limites. Acabou por justificar o empate.

O importante era ganhar hoje. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance. Não estávamos preocupados com o jogo seguinte.

Não estou desiludido. Como posso estar desiludido se em nove jogos temos sete vitórias e dois empates. Eu não ando desiludido, ando extremamente satisfeito. Hoje foi um ponto e seguimos em frente”.

Populares