Seguir o O MINHO

Futebol

“Este foi o melhor jogo da equipa desde que cheguei”

FC Famalicão – Paços de Ferreira

em

Foto: DR / Arquivo

Declarações dos treinadores do Famalicão e do Paços de Ferreira, Rui Pedro Silva e César Peixoto, no final da partida da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que terminou com um empate sem golos.

Rui Pedro Silva (treinador do Famalicão): “Na segunda parte notou-se uma quebra física da nossa parte, porque tínhamos jogado há três dias, vínhamos de surto de covid-19, e ficamos reduzidos a dez unidades. Mas ainda assim a resposta da equipa neste jogo foi boa.

A expulsão [do Penetra] fragilizou, mas a equipa aceitou-a, focou-se nas tarefas individuais e soube sofrer. Mesmo nessa fase criámos situações que nos podiam ter dado a vantagem.

O resultado não é um travão no nosso crescimento. Este foi o melhor jogo da equipa desde que cheguei ao clube. Esse foi o meu sentimento no banco”.

César Peixoto (treinador do Paços de Ferreira): “Sabíamos que íamos enfrentar uma equipa forte, com bons jogadores, cuja classificação não reflete a qualidade que tem. Vínhamos com o intuito de vencer, mas na primeira parte faltou-nos alguma agressividade no último terço, apesar de termos o jogo controlado.

Ao intervalo conversamos e senti que a equipa entrou mais agressiva, e mesmo sabendo que o Famalicão nos podia criar perigo nas transições, tivemos boas oportunidades para nos colocarmos em vantagem.

Em quatro jogos que estamos na equipa só sofremos golos frente ao Benfica. Temos mostrado coesão e critério com bola. Falta ainda melhorar a agressividade no último terço e na zona de finalização”.

Populares