Seguir o O MINHO

Futebol

“Está tudo em aberto”

Micael Sequeira

em

Foto: Twitter

Declarações após a vitória do Rangers sobre o SC Braga, por 3-2, em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol:


Micael Sequeira (treinador adjunto do SC Braga): “Eles tiveram uma boa reação e alguma felicidade, que faz parte, mas está tudo em aberto. Foi um grande jogo entre duas boas equipas, com dois estilos diferentes.

Mais uma vez acredito que vamos dar a volta na nossa cidade. É continuar a trabalhar e preparar bem o jogo, isso é que é importante.”

Matheus (jogador do SC Braga): “Foi um jogo difícil, temos mais 90 minutos para decidir em casa, refrescar a cabeça, descansar e pensar que na quarta-feira vai ser em casa.

É um terreno difícil, todos viram o estado do relvado, mas não é desculpa. Está tudo em aberto.

Sabemos da qualidade deles, não só o Morelos, e vão ter outro que vai entrar. Nós pensámos em nós, no nosso grupo e vamos pensar no próximo jogo.”

Fransérgio (jogador do SC Braga): “Eles foram agressivos, compactos, mas batalhámos e podíamos ter feito o terceiro golo e não fizemos. Temos a segunda mão e vamos dar a vitória para os adeptos.

O nosso jogo estava tranquilo. Os adeptos deles merecem os parabéns [pelo ambiente no estádio], foi fantástico, mas a nossa casa é melhor e eles também vão ver isso [na próxima semana].”

Abel Ruiz (jogador do SC Braga): “Fizemos um grande jogo, estamos orgulhosos do trabalho que fizemos e temos mais 90 minutos em casa. Temos ambições nesta competição e seguramente que vamos fazer um grande jogo em Braga.”

Anúncio

Futebol

Sequeira, do SC Braga, diz que índices físicos e mentais podem ser determinantes

I Liga

em

Foto: Imagens SC Braga

Os índices físicos e mentais podem ser determinantes no regresso da I Liga de futebol após a interrupção de quase três meses devido à pandemia de covid-19, assumiu hoje Sequeira, lateral esquerdo do SC Braga.


“Ninguém viveu este momento no futebol. Quem apresentar índices físicos e mentais mais fortes pode estar um passo à frente e, depois, a qualidade dos jogadores fará também a diferença. Sinto a equipa num bom momento, sinto o grupo unido e bem fisicamente. Vamos à luta”, disse o jogador, em declarações ao sítio oficial do clube.

O SC Braga defronta o Santa Clara na sexta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, na 25.ª jornada, e o habitual titular do lado esquerdo da defesa minhota frisou que a equipa “vai estar bem, com toda a certeza”.

“Sentimo-nos bem, estamos focados neste regresso e tudo faremos para começar da melhor maneira estes últimos 10 jogos, para conseguirmos o nosso objetivo”, disse.

O jogador de 29 anos, a completar a sua terceira temporada nos bracarenses, considerou ainda que a paragem veio em má altura.

“Estávamos num momento muito positivo. No entanto, a equipa tem trabalhado bem e está focada em dar continuidade ao trabalho que estávamos a realizar”, disse.

O que esperar da equipa açoriana “é uma incógnita, porque, com esta paragem, as outras equipas podem ter encontrado outras maneiras de jogar e outros sistemas táticos”.

“Não só o Santa Clara, todas as equipas podem fazer alterações. Temos de nos preparar para chegar a sexta-feira, fazer o nosso jogo e ganhar”, disse.

O lateral abordou ainda o desejo de ter adeptos nos estádios até ao final da temporada, objetivo já assumido publicamente pelo presidente ‘arsenalista’, António Salvador.

“O regresso à competição tem de passar uma mensagem de confiança e responsabilidade. Queremos muito jogar num estádio com adeptos, mas temos de ver como as coisas se desenrolam para que a segurança possa acompanhar o regresso do público aos estádios”, disse.

Entretanto, e tal como estipulado pela Direção-Geral da Saúde e pela Liga de clubes, o Sporting de Braga realizou ao final da tarde de terça-feira a ronda de testes obrigatória nas 72 horas antes de cada jogo.

Os resultados foram todos negativos, tal como nos outros quatro testes anteriores, quer nos elementos do plantel e equipa técnica como no ‘staff’ de apoio. O SC Braga realizará nova ronda de testes na véspera do encontro.

SC, terceiro classificado, com 46 pontos, e Santa Clara, 10.º, com 30, defrontam-se a partir das 19:00 de sexta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, casa emprestado do conjunto açoriano para as últimas 10 rondas da I Liga.

Continuar a ler

Futebol

Santa Clara com testes negativos antes do jogo com SC Braga

I Liga

em

Foto: DR

Os testes de despiste à covid-19 feitos à comitiva do Santa Clara, antes do jogo frente ao Sporting de Braga, da I Liga de futebol, deram todos negativos, avançou hoje o clube açoriano.


“Os testes de deteção laboratorial ao SARS-CoV-2 ao plantel profissional do CD Santa Clara, efetuados ontem [terça-feira], conforme as recomendações da DGS – 72 horas antes do início da partida – recolheram resultados negativos, na totalidade dos elementos testados (toda a comitiva)”, comunicou o emblema insular.

A comitiva do Santa Clara, composta por 45 elementos, já realizou duas séries de testes à covid-19 desde que chegou à Cidade do Futebol, em Oeiras, em 30 de maio, tendo os resultados sido sempre negativos.

Os resultados agora conhecidos surgiram na sequência dos testes realizados na terça-feira e fonte oficial do clube avançou à Lusa que a equipa irá fazer novo teste de despiste ao novo coronavírus na quinta-feira.

A Cidade do Futebol, em Oeiras, irá receber os jogos em casa do Santa Clara, que irá jogar fora dos Açores para evitar possíveis surtos da covid-19.

No retomar da competição, o Santa Clara irá receber o Sporting de Braga, na sexta-feira, às 19:00.

Nas restantes jornadas, os ‘encarnados’ de Ponta Delgada vão enfrentar Vitória de Setúbal (fora), Portimonense (casa), Benfica (fora), Boavista (fora), Marítimo (casa), Sporting (fora), Desportivo das Aves (casa), Rio Ave (fora) e Vitória de Guimarães (casa).

Uma vez que o último jogo do campeonato frente aos vimaranenses ainda não tem data marcada, numa jornada marcada provisoriamente para 16 de julho, o emblema insular ainda não sabe quando irá regressar aos Açores.

A I Liga, na qual o Santa Clara está no 10.º lugar, com 30 pontos, tem o seu retorno marcado para hoje.

Após 24 jornadas, de um total de 34, o FC Porto lidera a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Continuar a ler

Futebol

Gil Vicente repete testes negativos na véspera de visitar Portimonense

Covid-19

em

Foto: Gil Vicente FC / Facebook

Os futebolistas, equipa técnica e outros funcionários do Gil Vicente voltaram a dar negativo na quinta e última bateria de testes à covid-19, realizada na terça-feira, que antecede a retoma da I Liga hoje frente ao Portimonense.


“O Gil Vicente FC informa que os testes de rastreio realizados ao plantel e ‘staff’ à covid-19, 24 horas antes do jogo de hoje frente ao Portimonense SC, deram todos negativos”, lê-se numa nota publicada nas redes sociais dos minhotos, que viajaram rumo ao Algarve logo após efetuarem os exames de despistagem ao novo coronavírus, em Barcelos.

O Gil Vicente, nono colocado, com os mesmos 30 pontos de Moreirense e Santa Clara, defronta hoje o Portimonense, antepenúltimo, com 16, seis abaixo da zona de salvação, a partir das 19:00, no Portimão Estádio, num jogo inaugural da 25.ª jornada que assinala o reatamento do campeonato, suspenso desde 12 de março devido à covid-19.

O embate entre algarvios e minhotos terá arbitragem de Hugo Miguel, da associação de Lisboa, e será o primeiro dos 90 jogos das últimas 10 rondas, realizados sob fortes restrições e sem público nos estádios até 26 de julho, numa competição liderada pelo FC Porto, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Além da I Liga, também a final da Taça de Portugal, entre ‘dragões’ e ‘águias’, integra o plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, ainda em data e local a designar.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 377 mil mortos e infetou mais de 6,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.436 pessoas das 32.895 confirmadas como infetadas, e há 19.869 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Populares