Seguir o O MINHO

Cávado

Esposende: CDU alerta para ameaças ao Parque Natural Litoral Norte

Eleições legislativas

em

Foto: Dr

Os candidatos pelo partido ecologista Os Verdes, integrante da coligação CDU, deixaram um alerta para eventuais perigos e ameaças à fauna e flora do Parque Natural do Litoral Norte, em Esposende, reivindicando mais meios humanos e maior fiscalização.

Os candidatos falavam à margem de uma caminhada guiada por Carlos Rio, fotógrafo de natureza, cujo trabalho desenvolvido nesta área protegida tem servido à promoção e divulgação dos diversos habitats e e espécies da paisagem.

Entre as ameaças existentes, o PEV destacou a caça furtiva, a utilização de agroquímicos nas áreas agrícolas, a destruição de caminhos em áreas naturalizadas, a perda de habitat e a pressão imobiliária, entre outros.

Em comunicado enviado a O MINHO, o PEV destacou ainda que foi possível “constatar na caminhada a existência de uma situação de impedimento da passagem em área de domínio público hídrico junto ao Clube Naval, alegadamente sob a autorização do município”.

Manuel Carvoeiro, candidato do partido ecologista, destacou a posição da CDU, nomeadamente na defesa de Planos de Ordenamento do território “que verdadeiramente apontem caminhos e soluções para evitar a destruição e ataque do PNLN”.

Filipe Gome, também ele candidato pelos ecologistas, elencou aquelas que são as prioridades e intervenção do PEV, designadamente ao nível do reforço de profissionais e das entidades com responsabilidade na fiscalização e conservação da natureza.

Victor Cavaco, da comissão executiva do PEV, abordou “os desafios e perigos colocados pela municipalização e a cogestão das áreas protegidas, que enfrentam perda de orçamento e de verbas para funcionamento”.

“Não menos importante é a perda de importância que os planos de ordenamento destas áreas têm vindo a sofrer”, considerou.

Agostinho Lopes, mandatário da CDU, realizou o fecho desta sessão pública identificando o interesse económico e ambiental desta área que “requer por parte do Estado que sejam alocados meios humanos e financeiros para proteger este bem que é de todos”.

“A CDU assume o compromisso com a proteção dos recursos naturais e na defesa de uma melhor gestão das áreas protegidas, defendo o reforço de mais profissionais e duma gestão pública destas áreas, defendendo uma justa e articulada conciliação entre a preservação deste espaço e a existência de atividades e usos relevantes para a população”, termina a nota de imprensa.

As eleições legislativas estão marcadas para 30 de janeiro.

Populares