Seguir o O MINHO

Cávado

É em Esposende que se bebe a melhor água do país

em

O município de Esposende é aquele que apresenta a melhor qualidade na água que corre nas torneiras de todo o país. Segundo dados avançados pelo relatório “Controlo da Qualidade da Água para Consumo Humano” promovido pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), Esposende apresenta há 10 anos seguidos níveis máximos (100%) de qualidade.

Em termos gerais, e olhando aos 24 municípios do Minho, todos eles apresentam condições de segurança para consumo humano de água. No entanto, apenas 11 registam indicadores acima da média nacional que está nos 98,69%.

No distrito de Braga, Famalicão acompanha Esposende no nível máximo de qualidade fruto de uma subida 0.29 pontos face a 2015.

Já no distrito de Viana do Castelo, é em Paredes de Coura que está a melhor água dos 10 concelhos do Alto Minho com um nível de qualidade atingir os 99,64%. Já Viana do Castelo viu a água perder qualidade, mesmo assim registam níveis acima da média nacional com 99,06%.

Quem tem a pior água de todo o Minho é Ponte da Barca. O índice ficou nos 94,42%, abaixo da média nacional, sendo o município do Norte com pior resultado. Mesmo assim a água vendida na Barca mantém condições de segurança para o consumo humano. Em Portugal só Trancoso faz pior que Ponte da Barca com nível da água a registar 90,46%.

 

Classificação por concelhos:

Esposende 100%

Famalicão 100%

Barcelos 99,92%

Braga 99,82%

Guimarães 99,79

Fafe 99,77%

Vizela 99,69%

Paredes de Coura 99,64%

Póvoa de Lanhoso 99,47%

Vila Verde 99,17%

Viana do Castelo 99,06%

Valença 98.90%

Ponte de Lima 98,34%

Arcos de Valdevez 98,26%

Celorico de Basto 97,73%

Amares 97,63%

Caminha 97,52%

Monção 97,14%

Terras de Bouro 97,00%

Cabeceiras de Basto 96,94%

Vieira do Minho 95,97%

Melgaço 96,58%

Cerveira 95,29%

Ponte da Barca 94,42%

 

Populares