Esplanadas ‘fantasma’ e pedras da calçada. Assim ficou Guimarães a um sábado à tarde

A população de Guimarães aderiu em massa ao horário de recolher obrigatório de fim de semana, confinando-se pouco depois do relógio marcar 13:00. Durante a tarde, as ruas e as estradas assistiam à passagem de poucos, os que trabalhavam ou que se deslocavam para alguma urgência. No centro histórico, só restaram as centenas de cadeiras … Continue a ler Esplanadas ‘fantasma’ e pedras da calçada. Assim ficou Guimarães a um sábado à tarde