Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Escola de Ponte de Lima cria fórmula de cálculo do risco de incêndio e de geada

Projeto IRINA

em

Foto: Divulgação

Um grupo de alunos do Clube de Meteorologia da Escola Básica de Freixo, em Ponte de Lima, desenvolveu duas fórmulas de cálculo de risco natural, denominado de Projeto IRINA, aplicado ao risco de incêndio e de geada. Este projeto está a concurso no âmbito do 16.ª edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho.


Os alunos envolvidos desenvolveram uma função matemática com um conjunto de variáveis ponderadas, aplicadas em base Excel. Este projeto teve a parceria científica da Escola Superior Agrária do IPVC com a supervisão do docente Joaquim Alonso que reconheceu a mais valia das fórmulas de cálculo.

O produto final das fórmulas IRINA em estão em fase de divulgação aos agentes da Proteção Civil e comunidade em geral onde todos poderão usufruir enquanto serviço público de prevenção.

Os promotores do projeto defendem que basta ter acesso à fórmula em base Excel e ter acesso à internet com ligação a estação meteorológica digital, afim de avaliar o respetivo risco. Os meteorologistas de Freixo referem também que esta ferramenta será cada vez mais útil em matéria de prevenção face à maior frequência de fenómenos naturais extremos.

Anúncio

Alto Minho

BMW que vale um milhão de euros roubado de garagem em Ponte de Lima

Clássico

em

BMW 328i

Um clássico BMW modelo 328 do ano de 1939 foi dado como roubado de uma coleção particular situada em Ponte de Lima, no passado dia 07 de julho.

De acordo com o Jornal dos Clássicos e com o Automóvel Clube de Portugal, a viatura desportiva terá desaparecido do espaço, tendo sido avistado pela última vez em Sampaio, no concelho de Ermesinde.

O carro tem a matrícula DH-10-34 e o número de chassis 85173.

De acordo com o departamento de Clássicos do ACP, o departamento histórico da BMW em Munique já foi alertado para o desaparecimento da viatura, uma vez que existem apenas cerca de 400 exemplares deste modelo.

Numa breve pesquisa em sites de leilões deste tipo de automóveis, é possível ver diferentes preços, variando entre os 500 mil e o milhão de euros.

 O modelo, que atingia os 135 quilómetros horários, foi fabricado entre os anos de 1936 e 1940, tendo sido produzidas 434 unidades. Tem motor de seis cilindros com 80 cavalos de potência.

Qualquer informação sobre o paradeiro do automóvel pode ser remetida ao cuidado do ACP.

Continuar a ler

Alto Minho

Fotografia: Carro abandonado na EN 202 já é parte da paisagem em Ponte de Lima

Uma viatura automóvel abandonada à face da EN 202, em Ponte de Lima, já é parte integrante da paisagem verde da freguesia de Brandara. Imperceptível a quem passa na estrada, é possível ver ainda parte do carro descoberta para quem entra na Rua das Barrosas. Segundo a lei, é competência da autarquia a remoção da viatura seguindo o artigo 165 do código da estrada (presunção de abandono). Fotografia: Armando Carriça / O MINHO

em

Uma viatura automóvel abandonada à face da EN 202, em Ponte de Lima, já é parte integrante da paisagem verde da freguesia de Brandara. Imperceptível a quem passa na estrada, é possível ver ainda parte do carro descoberta para quem entra na Rua das Barrosas. Segundo a lei, é competência da autarquia a remoção da viatura seguindo o artigo 165 do código da estrada (presunção de abandono). Fotografia: Armando Carriça / O MINHO

Continuar a ler

Alto Minho

Mulher ferida após capotamento na A27, em Ponte de Lima

Acidente

em

Foto: Arquivo / O MINHO

Uma mulher, cuja idade não foi possível apurar, sofreu ferimentos na sequência de um despiste, seguido de capotamento, na A27, em Ponte de Lima, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

A vítima, condutora da viatura ligeira, seguia no sentido Refoios de Lima-Viana do Castelo quando, por motivos ainda por apurar, entrou em despiste perto do nó de Arcozelo, acabando por capotar a viatura.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Ponte de Lima com uma viatura de desencarceramento e uma ambulância.

“À nossa chegada, a vítima já tinha saído da viatura pelos próprios meios, não havendo necessidade de desencarcerar”, disse a mesma fonte.

A mulher foi transportada para o Hospital de Viana do Castelo com ferimentos considerados “ligeiros”.

O alerta foi dado cerca das 10:35 horas.

O destacamento de trânsito da GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Populares