Seguir o O MINHO

Braga

Escassez de habitação preocupa presidente da Associação Académica da UMinho

em

Foto: DR

A dificuldade que os estudantes sentem atualmente para alugar casa em Braga e em Guimarães, particularmente junto dos respetivos campus, é um dos temas que o novo presidente da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) quer enfrentar, a curto prazo. Nuno Reis, estudante de Engenharia de Gestão Industrial, é empossado esta sexta-feira às 18:00, no Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho. No ato serão ainda empossados os novos elementos da Direção, do Conselho Fiscal e Jurisdicional e Mesa da RGA (Reunião Geral de Alunos).

O dirigente associativo disse ao O MINHO que a comunidade estudantil enfrenta o problema da escassez de habitação e, em simultâneo, a do seu encarecimento, uma tendência que se agravou com a queda da construção civil após a crise de 2011.

Sublinhou que os alunos se defrontam, também, com exigências incorretas da Direção Geral do Ensino Superior, que está a pedir que os alunos apresentem comprovativos do pagamento de rendas, para poderem receber os subsídios de alojamento. Sucede que, por vezes, os alunos conseguem que os Serviços Sociais deixem que o pagamento seja feito, por exemplo, apenas quando o aluno recebe a bolsa, até porque este apoio estatal anda quase sempre atrasado.

Ou seja, entra-se num ciclo vicioso: não recebe bolsa, logo, não paga renda e, por isso, fica sem subsídio de alojamento.

Nuno Reis garante que vai chamar a atenção da UMinho para os problemas que podem ser criados com a atual política de crescimento do número de alunos, de 20 para 25 mil: “vemos essa estratégia com bons olhos, mas é preciso pensar em termos de unidades de apoio, como cantinas, bares e residências, onde os tempos atuais de espera são já significativos”, avisa.

No seu programa de ação está, ainda, a tentativa de resolução do projeto de construção da nova sede da AAUM, que tem sifo frustrada ao longo dos anos por problemas de terrenos.

Nuno Reis espera que o mandato que assume seja o da consolidação da Rádio Universitária do Minho, com a passagem, no primeiro trimestre do ano, para as novas instalações no edifício gnration, “onde os estúdios estão quase prontos”.

Nuno Reis, natural da Póvoa de Varzim, integrou as direções de Bruno Alcaide nos últimos dois anos e exerceu o cargo de presidente adjunto em 2017.

Populares