Seguir o O MINHO

Região

Entidade Reguladora dá luz verde a Linha de Muito Alta Tensão no Minho

em

Foto: DR

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) deu ‘luz verde’ a projetos de transporte de eletricidade num montante máximo de 474 milhões de euros até 2022, em Portugal, tendo validado o investimento no projeto da nova interligação a 400kV Minho-Galiza, que havia sido adiado, em 2015, para ser submetido a novos estudos, bem como o eixo Vieira do Minho-Ribeira de Pena- Feira, também com o objetivo de criar capacidade de receção de nova produção renovável na região do Alto Tâmega.

O polémico projeto Galiza-Minho pretendia ligar Vila do Conde, Vila Fria B e a rede espanhola. A proximidade desta linha às casas, as consequências dos campos electromagnéticos sobre a saúde humana ou o impacto visual de torre com 75 metros de altura são as principais preocupações das populações tanto em Portugal como em Espanha. O troço português pressupõe duas novas linhas de 400 KV e a construção desta ligação pode abranger oito dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo e ainda passar por Vila Nova de Famalicão, Barcelos, Vila do Conde e Póvoa de Varzim, atravessando, potencialmente, 121 freguesias.

“O conjunto de projetos de investimento identificados neste parecer pela ERSE, estando em condições de obter uma Decisão Final de Investimento positiva, corresponde a um máximo de 474 milhões de euros de investimentos, a serem concretizados ao longo do quinquénio 2018-2022, e representam 65% do valor de ativos transferidos para exploração na rede nacional de transporte [RNT] durante o quinquénio de 2013 a 2017”, lê-se no documento hoje divulgado.

MAIS: Parecer da ERSE [Link Externo]

No parecer, o regulador refere que, “após concretizadas todas as recomendações referidas […], a aprovação da proposta de Plano de Desenvolvimento e Investimento na Rede de Transporte de Eletricidade (PDIRT-E 2017) revista resultará num risco reduzido dos consumidores virem a suportar custos acrescidos”, o que significa que não representa custos acrescidos na fatura da eletricidade.

Entre os projetos de investimento com ‘luz verde’ para avançar nos próximos cinco anos está a passagem a 400 quilovolt (kV) do eixo Falagueira-Estremoz-Divor-Pegões , identificado pela REN como essencial para dar resposta às especificidades técnicas de alimentação à rede de ferrovia entre Évora-Elvas/Caia, além de servir para alimentar outros polos de consumo.

Outro projeto aprovado é a ligação Fundão – Falagueira, para reforçar a capacidade de receção de nova produção renovável, “se for devidamente comprovada a impossibilidade de ligação à rede nacional de transporte de novos produtores renováveis, mesmo após uma alteração das atuais regras de planeamento e operação de rede”.

No PDIRT-E 2017, a empresa liderada por Rodrigo Costa propõe uma redução de 30% no investimento até 2022, passando de mais de 600 milhões de euros, na proposta de PDIRT-E 2015 – que nunca chegou a ser aprovado pelo Governo, após parecer desfavorável da ERSE.

Anúncio

Guimarães

Morre picado por vespa em Guimarães

Em Infantas

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem com 32 anos perdeu a vida este sábado à noite na sequência de uma picada de vespa, em Infantas, Guimarães.

De acordo com o Jornal de Notícias, o homem terá sido atacado na via pública, na rua do Casal, tendo entrado pouco depois em paragem cardiorrespiratória.

Os Bombeiros de Guimarães deslocaram-se ao local assim como a VMER de Guimarães e SIV de Fafe, mas já não foi possível reverter a situação do homem, sendo o óbito declarado no local, por volta da meia noite.

Desconhece-se se a vespa se trata de uma velutina [asiática] ou alguma espécie autóctone.

Continuar a ler

Barcelos

Bebé de um ano entre cinco feridos após acidente em Barcelos

Em Feitos (EN 103)

em

Urgências Hospital Barcelos. Foto: O MINHO (Arquivo)

Uma colisão rodoviária a meio da manhã deste domingo provocou ferimentos ligeiros em cinco pessoas, entre as quais um bebé com cerca de um ano de idade, apurou O MINHO junto de fonte dos Bombeiros de Barcelos.

O sinistro ocorreu na Estrada Nacional 103, na freguesia de Feitos, com o alerta a ser dado pelas 10:21, segundo informações recolhidas junto do Comando Distrital de Operações e Socorro de Braga.

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Barcelos pelos Bombeiros de Barcelos, que estiveram no local da ocorrência com três ambulâncias.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Terras de Bouro

Quatro jovens estrangeiros perdidos resgatados na Serra do Gerês

Três neozelandeses e um cabo-verdiano

em

Foto: O MINHO

Quatro jovens estrangeiros, três neozelandeses e um cabo-verdiano, foram resgatados pela GNR na madrugada de hoje após se terem desorientado na Serra do Gerês, disse à Lusa a GNR de Braga.

Segundo a fonte, cerca das 22:00 de sábado os jovens – três homens e uma mulher – pediram apoio via telemóvel ao posto territorial da GNR de Terras de Bouro, por se terem afastado da trajetória que seguiam e não conseguirem orientar-se.

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

“O posto informou o CDOS [Comando Distrital de Operações de Socorro] de Braga, que ativou a equipa do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, que procedeu ao resgate”, disse.

Conforme explicou a fonte do Comando Territorial de Braga da GNR, os jovens enviaram via ‘Whatsapp’ às autoridades as coordenadas GPS do local onde se encontravam, tendo sido localizados pelo GIPS pelas 01:00 de hoje, num local “bastante distante da estrada”.

Os jovens encontravam-se bem e a operação foi dada como finalizada pelas 04:00 da madrugada.

Continuar a ler

Populares