Seguir o O MINHO

Ave

Equipa de proteção de Fafe recolheu 264 animais vivos em 2021

E 130 cadáveres

em

Foto: Divulgação / CM Fafe

A Equipa de Proteção Animal do Município de Fafe recolheu no ano passado 264 animais vivos, incluindo abandonados e errantes, informou hoje a autarquia.

Ainda segundo a autarquia, a equipa encontrou 130 cadáveres de animais, alguns na via pública, em adiantado estado de decomposição.

“Este elevado número de resgate e captura contribuiu para a segurança de pessoas e bens, para o bem-estar dos animais recolhidos e, também, para a preservação da salubridade e a proteção da saúde pública”, lê-se num comunicado enviado a O MINHO.

Por outro lado, durante o ano de 2021 foram vacinados e revacinados 316 animais, que ficaram protegidos contra as principais doenças infectocontagiosas.

Foram ainda desparasitados 357 animais, segundo dados do município.

“Todos os animais que entram no centro de recolha são vacinados e revacinados contra as principais doenças infectocontagiosas nomeadamente esgana, hepatite, leptospirose e tosse do canil, para além da desparasitação interna e externa com desparasitantes de largo espectro”, refere-se no comunicado.

Quanto ao número de “animais eutanasiados”, registaram-se 53 situações, todas consideradas não adotáveis, por os animais serem “portadores de doenças crónicas incuráveis ou com sinais de evidente sofrimento”.

No mesmo ano, em colaboração com outros departamentos do município, foram realizadas 28 ações de controlo de pragas, 10 das quais de formigas aladas e as restantes de roedores.

Populares