Empresário de Valença apanhado a passar a fronteira com 93 mil euros na mochila

Montantes acima dos 10 mil euros requerem declaração prévia

Um homem de Valença foi apanhado, na semana passada, ao tentar passar a fronteira na zona de Badajoz, com 93.990 euros não declarados.

Como avança o jornal local La Crónica de Badajoz, o português foi intercetado durante uma ‘operação stop’ na estrada BA-20, perto da fronteira de Lopo.

A Guardia Civil revistou um carro desportivo com matrícula portuguesa, assim como os dois ocupantes da viatura, e encontrou notas de 500, 200, 100, 50, 20 e 10 euros. Como não tinha a declaração obrigatória para saída de capitais do país, o dinheiro foi apreendido pelas autoridades espanholas e depositado no Banco de Espanha.

O condutor explicou aos militares que tinha feito negócios no Sul de Espanha e que transportava o dinheiro até casa, em Valença. Disse ainda que não sabia que tinha de ter uma declaração para sair de Espanha com o dinheiro.

A saída e entrada do país com 10.000 ou mais por pessoa deve ser declarada previamente.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Encontrado morto jovem desaparecido desde domingo em Trás-os-Montes

Próximo Artigo

Montenegro acusa Costa de “desonestidade política” nas pensões

Artigos Relacionados
x