Seguir o O MINHO

Futebol

Empresário de Schettine diz que Braga nunca abordou jogador diretamente

Polémica

em

Foto: DR

Um dos empresários do futebolista brasileiro Guilherme Schettine, Allan Moran, garantiu hoje à agência Lusa que o Sporting Clube (SC) de Braga nunca abordou diretamente o jogador, como acusa o Santa Clara.

Em resposta ao Braga, que considerou que o clube açoriano faltou à palavra dada aos representantes do jogador, o Santa Clara acusou hoje o Braga de fazer “abordagens diretas” a “atletas profissionais de outras instituições com contrato de trabalho”.

“Não, o Guilherme nunca falou diretamente com o Braga, nem tinha porquê, foi sempre connosco [empresários do jogador] que o Braga falou, o Braga nunca abordou diretamente o jogador”, assegurou à Lusa Allan Moran, um dos empresários do jogador brasileiro.

O Braga revelou esta segunda-feira ter desistido da contratação do futebolista brasileiro, deixando críticas ao clube açoriano e, indiretamente, ao Benfica, apontando que “o futebol português transformou-se num teatro de marionetas”.

Allan Moran corroborou basicamente o conteúdo do comunicado ‘arsenalista’, lamentando que quem tenha sofrido mais com tudo tenha sido o jogador.

Segundo esse comunicado, já depois de Guilherme Schettine ter recusado a proposta do Benfica por entender que, desportivamente, o Braga seria a melhor opção atualmente, o clube liderado por António Salvador “reiterou o seu interesse” com uma proposta formal, “após saber pelos empresários de Schettine que havia o compromisso por parte do Santa Clara de negociar o avançado pelos mesmos valores [1,5 milhões] discutidos com o Benfica”.

O Santa Clara terá respondido ao líder minhoto “que não negociaria com o Braga por ter um compromisso pessoal para colocar o jogador no Benfica e por temer represálias, remetendo para a cláusula de rescisão e assim faltando à palavra dada aos representantes do jogador”, dizem os bracarenses.

Fonte oficial do Braga disse à Lusa que o “Santa Clara respondeu a factos com insinuações, pois sabe que não pode aspirar a mais do que criar uma cortina de fumo”.

“Por conseguir fazer prova das acusações que lançou, o Braga reforça que nunca abordou o jogador, antes foi abordado pelos seus representantes, que sugeriram Schettine ao nosso clube mediante as condições impostas pela SAD açoriana”, acrescentou.

A mesma fonte deixou ainda “o desafio para que o Santa Clara concretize a ameaça e remeta efetivamente para a Liga e para a Federação a fim de se esclarecer este lamentável episódio de forma cabal”.

Anúncio

Futebol

Leverkusen dá 20 milhões por Tapsoba

Leicester e Wolverhampton na corrida

em

Foto: Twitter (Arquivo)

O alemão Bayer Leverkusen, assim como, o Leicester e o Wolverhampton de Inglaterra, estão em negociações pelo contrato de Edmond Tapsoba do Vitória SC, avançou a Guimarães Digital.

A SAD do clube vimaranense, encontra estas propostas, meros dias antes do encerramento do mercado de inverno, suportando a pressão para que o negócio se feche neste curto espaço de tempo.

O Bayer Leverkusen tem vindo a mostrar interesse no jogador há algum tempo, tendo oferecido 18 milhões de euros pelo passe, proposta que foi renovada para 20 milhões de euros recentemente.

O clube alemão terá enviado um membro a Portugal de modo a garantir a conclusão do negócio.

No momento desconhece-se o valor das ofertas do Leicester e Wolverhampton mas é conhecido o interesse passado de ambos clubes no defesa do Burkina Faso.

O Vitória SC detém apenas 75% do passe do jogador e, segundo foi apurado, preferia negociar Tapsoba apenas no final da época 2019/2020.

Pela primeira vez a jogar na I Liga, o jogador tem sido titular no Vitoria e o central mais usado do plantel.

Com contrato, recentemente renovado, por mais duas temporadas, o internacional de 20 anos, conta com uma clausula de rescisão de 50 milhões de euros.

 

Continuar a ler

Futebol

Bruno Fernandes troca Sporting pelo Manchester United por 55 milhões de euros

Sporting despede-se do internacional português: “Obrigado Capitão. Para sempre Leão”

em

Foto: Twitter de B24 / Arquivo

O médio internacional português Bruno Fernandes vai deixar o Sporting, dois anos e meio depois, e assinar pelos ingleses do Manchester United, comunicou, esta quarta-feira, o clube leonino à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O Sporting transfere o jogador por “55 milhões de euros fixos, acrescido de um valor máximo variável de 25 milhões de euros”, ficando ainda com “direito a receber o montante correspondente a 10% da mais-valia de futuras transferências”.

Dos 25 milhões variáveis, o Sporting esclarece que cinco são “em função de objectivos relacionados com a participação do jogador em jogos”, outros cinco “em função de objectivos relacionados com a participação do Manchester United na Liga dos Campeões” e um montante variável até 15 “em função de objetivos relacionados com prémios individuais do jogador”.

O SAD leonina informa ainda que “os encargos com os serviços de intermediação relativos à mencionada transferência ascendem a 5,5 milhões de euros e que o valor do Mecanismo de Solidariedade devido a clubes terceiros será suportado pela Sporting SAD e pelo Manchester United, em partes iguais”.

Bruno Fernandes, de 25 anos, que tinha renovado contrato com os leões em 26 de novembro de 2019, chegou a Alvalade em 2017/18 e, ao serviço dos leões, disputou um total de 137 jogos, marcou 63 golos e conquistou uma Taça de Portugal e duas Taças da Liga.

O jogador 19 vezes internacional “AA” luso (dois golos) tinha chegado ao Sporting depois de cinco temporadas em Itália, ao serviço de Novara (2012/13), Udinese (2013/14 a 2015/16) e Sampdoria (21016/17).

O Sporting recorreu, esta quarta-feira, a uma frase de William Shakespeare para se despedir do futebolista Bruno Fernandes, elogiando a “grandeza” do médio, a caminho dos ingleses do Manchester United.

“Alguns nascem grandes, alguns atingem a grandeza e outros têm a grandeza imposta a eles”, indica o clube em mensagem no Twitter, acompanhando um vídeo do médio e com agradecimentos de “Obrigado Capitão. Para sempre Leão”.

A mensagem do clube, que no seu site também deseja “as maiores felicidades pessoais e desportivas” ao jogador, surge pouco depois de comunicar à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o acordo alcançado com o Manchester United.

Na nota, a SAD leonina diz que transfere o jogador por “55 milhões de euros fixos, acrescido de um valor máximo variável de 25 milhões de euros”, ficando ainda com “direito a receber o montante correspondente a 10% da mais-valia de futuras transferências”.

Continuar a ler

Futebol

Braga empresta Hassan ao Olympiacos

Mercado de transferências

em

Foto: Divulgação

O avançado egípcio Hassan foi emprestado até ao final da presente temporada pelo SC Braga aos gregos do Olympiacos, revelou hoje o clube minhoto da I Liga de futebol.

O jogador de 26 anos volta à equipa orientada por Pedro Martins e onde alinham os também lusos José Sá, Rúben Semedo e Podence, depois de, em 2018/19, também ter jogado no conjunto helénico por empréstimo dos bracarenses.

Hassan chegou a Portugal em 2011/12 para alinhar nos juniores do Rio Ave, clube no qual permaneceu até se transferir para Braga, em 2015/16.

Pouco utilizado nos ‘arsenalistas’ esta época (sete jogos e um golo), o internacional egípcio regressa agora ao clube helénico na mesma condição e até ao final da presente temporada.

Continuar a ler

Populares