Seguir o O MINHO

Guimarães

Empresário de Guimarães que ofereceu ventiladores está infetado pela segunda vez

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

O empresário de Moreira de Cónegos (e presidente do Moreirense) que ofereceu dez ventiladores ao SNS voltou a ter um teste positivo para o novo coronavírus, que provoca a covid-19, quatro meses depois da primeira infeção, confirmou hoje à Lusa fonte do clube da I Liga de futebol.

Vítor Magalhães, de 69 anos, conheceu o resultado numa bateria de despistagem realizada no domingo e entrou em isolamento profilático, na véspera do empate caseiro dos ‘cónegos’ com o Belenenses SAD (2-2), na partida de conclusão da 21.ª jornada.

O dirigente, que está assintomático, já esteve infetado no início de novembro de 2020, quando um surto de covid-19 originou 30 casos no Moreirense, conduzindo à suspensão dos treinos durante semana e meia e ao adiamento do jogo com o Paços de Ferreira.​​​​​​​

Nesse lote constava o médio Gonçalo Franco, que também voltou a ter um teste positivo para o novo coronavírus em 03 de fevereiro e regressou aos treinos 12 dias depois.

O Moreirense, oitavo colocado, com 26 pontos, desloca-se ao Marítimo, 17.º e penúltimo, com 18, no domingo, às 17:30, no Estádio dos Barreiros, no Funchal, num encontro da 21.ª jornada da I Liga, com arbitragem de Luís Godinho, da associação de Évora.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.570.291 mortos no mundo, resultantes de mais de 115,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.486 pessoas dos 808.405 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Populares