Seguir o O MINHO

Braga

Empresário de Braga integra direção da maior rede de cooperação internacional na área da inovação

Luís Roby, administrador do Grupo Érre

em

Luís Roby. Foto: Divulgação / Grupo Érre

O administrador do Grupo Érre, Luís Roby, é o mais recente membro da direção do Cluster Eurogia2030, que pertence ao Programa de Clusters da Eureka, a maior rede de cooperação internacional na área de I&D e Inovação, foi hoje anunciado.

O Cluster Eurogia2030 tem como objetivo promover a transição e a eficiência energética, com vista numa Europa mais inteligente e sustentável.

A decisão foi aprovada a 20 de dezembro de 2021, pelo Conselho de Administração da Eurogia, que anuncia Luís Roby como Board Member do programa, enquanto representante do Grupo Érre, de Braga. Luís Roby junta-se agora ao painel internacional de membros, contribuindo ativamente para a concretização das premissas do programa
europeu, sendo esta a única comunidade no setor a promover o desenvolvimento da tecnologia de baixo carbono, numa parceria internacional público-privada centrada na inovação.

O projeto tem como missão conduzir a transição energética em prol de um futuro mais sustentável, através de mudanças tecnológicas e partindo de um plano de estratégias inovadoras que possibilitem abrir caminho para uma Europa mais inteligente, sustentável, energeticamente eficiente e livre de carbono, com a implementação de novas tecnologias, como IoT, AI ou CCUS (Carbon capture, utilisation and storage), entre outras. O Eurogia2030 agrega programas internacionais que propõem métodos eficazes para um rápido crescimento de mercado, com vista na cooperação europeia.

“Ter a oportunidade de pertencer à direção de um cluster tão destacado como é o caso do Eurogia2030 é, obviamente, um misto de orgulho e responsabilidade. O Eurogia é um cluster focado na indústria e em soluções orientadas para o mercado e o nosso objetivo é proporcionar a criação de redes de conhecimento internacionais que possam apresentar soluções inovadoras que suportem o caminho rumo à tão falada sustentabilidade”, afirma Luís Roby, citado em comunicado enviado a O MINHO.

Populares