Empresa oferece 500 euros de prémio a funcionários por nascimentos de bebés

O Grupo José Pimenta Marques, de Braga, anunciou esta segunda-feira que os colaboradores passam a receber um “prémio” de 500 euros pelo nascimento de um novo bebé. Esta medida insere-se num conjunto de benefícios que o grupo já tem implementados nas suas empresas.

“A pensar no bem-estar dos colaboradores das suas empresas, e fazendo parte da sua política de responsabilidade social, o Grupo José Pimenta Marques está a pôr em prática, nos últimos anos, uma série de benefícios. O mais recente, é a atribuição de um prémio de nascimento de 500 euros quando algum dos seus colaboradores for pai/mãe. Fazendo jus ao mote “Um Grupo, Uma Família” que encabeça a filosofia deste Grupo, e sabendo-se da crónica queda da taxa de natalidade em Portugal e que a vertente económica é uma das principais razões para tal, este benefício por parte do Grupo José Pimenta Marques é uma forma de incentivar à natalidade os seus colaboradores e de contribuir para a melhoria da sua qualidade de vida”, explicou o grupo.

De entre os vários benefícios que os colaboradores já usufruem, destaca-se a oferta do dia de aniversário (não trabalham nesse dia); a entrega de kits escolares para os filhos; aulas de ginástica nas instalações do Grupo; disponibilização diária de água e fruta nos espaços de lazer; formação Interna e Externa; descontos e condições especiais em produtos e serviços das próprias empresas e com outras com quem foram estabelecidos protocolos.

A administração explica no comunicado que está sempre no topo das suas prioridades o bem-estar dos seus colaboradores e a criação de melhores condições de trabalho, sabendo que isso levará a uma maior motivação de todos, o que contribuirá decisivamente para o sucesso de todas as suas empresas.

O Grupo José Pimenta Marques, constituído por 12 empresas, de entre as quais se destaca a Balanças Marques, é o maior player nacional da área da pesagem e um dos maiores a nível mundial.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Segundo incêndio no mesmo apartamento em Braga em seis meses

Próximo Artigo

Denúncia por descargas ilegais para o rio Cávado em Amares

Artigos Relacionados
x