Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Empresa de Viana transformou uma ‘monótona’ sanita num produto altamente inovador

Startup já tem acordos para exportar para diversos países

em

Foto: Divulgação

Uma empresa de Viana do Castelo acaba de criar inovação transformando a actual monótona sanita, num elemento mais ecológico, mais moderno e inovador.

A ‘Ablute’ é uma startup que tem como promotores Carla Dias e Nuno Marujo e criaram “uma ideia revolucionária que supera a oferta dos maiores concorrentes mundiais graças a diversos fatores patenteados”.

A primeira inovação começa logo pelo desenho do sanitário, patenteado, que permite que as sanitas fiquem totalmente embutidas na parede, quando não estão em uso, libertando completamente o chão do quarto de banho.

“A bacia roda entre a abertura e encerramento e acopla, quando fechada, num dispositivo que a lava integralmente. A descarga gravitacional é substituída por injeção de água pressurizada quente, reduzindo a quantidade utilizada para um décimo das mais eficientes. Outra vantagem para o ambiente é a dispensa de produtos de limpeza, muitas vezes nocivos”, acrescentam ainda os promotores, realçando a mais-valia deste produto.

Ora todas as ‘inovações’ da sanita da ‘Ablute’ estão patenteadas, “ultrapassando a mais avançada tecnologia a nível mundial, tornando o produto mais completo, dotado de inteligência artificial, mas discreto para o utilizador e aumentado o conforto e dispensando o aparato de botões”.

Potenciais interessados

O produto já conquistou algumas das maiores empresas mundiais do género e o diálogo para futuras parcerias já é uma realidade. “O caminho da empresa passa pela agregação de parceiros, conforme vai amadurecendo, nomeadamente nas formas de financiamento”.

Os mercados do Japão, Alemanha, Espanha e EUA são líderes nesta área e faturam mais de 2 mil milhões de euros com as designadas smart-toilets.

“Um mercado em forte crescimento, à medida que países periféricos, como Portugal, adaptam práticas de higiene mais eficazes e de sustentabilidade ambiental”.

Empresa

A ‘Ablute’ está sediada em Viana do Castelo e é liderada por Carla Dias e Nuno Marujo. Apesar de jovem, já tem acordos para exportar para diversos países e prevê aumentar o número de funcionários para as duas dezenas.

“A maior parte são quadros altamente qualificados integrados nos nossos projetos de Investigação e Desenvolvimento que, esperemos, irão trazer novidades no futuro”.

Anúncio

Viana do Castelo

Caminhada noturna usa mistério de 6.ª feira 13 e mostra património de Viana

Vila de Punhe

em

Foto: CM-Viana / DR

Tirar proveito do mistério da sexta-feira 13 para divulgar o património da Vila de Punhe em Viana, é o objetivo da caminhada noturna que, em março, levará 500 pessoas até ao moinho do Inácio, informou, esta quarta-feira, a organização.

Em causa está um engenho de transformação de cereais em farinha que entrou em funcionamento em 1837, servido pelo regato de Roques, na bacia hidrográfica do rio Neiva, localmente conhecido como o moinho do Inácio, nome dos antigos proprietários.

Segundo o presidente do Núcleo Promotor do Auto da Floripes 05 de agosto, Pedro Rego, “cerca de 500 pessoas estão inscritas para a caminhada noturna do dia 13 de março”, que terá 4,5 quilómetros de extensão, começa às 21:30, no adro da igreja de Vila de Punhe e termina, cerca das 23:30, junto aquele engenho, situado no lugar dos Regos, próximo do monte da Infia (Barreiras).

“A caminhada noturna aproveita o misticismo que envolve a sexta-feira 13 para, num ambiente de convívio, juntar aventura com cultura. Esta iniciativa denominada de “Queimada no Moinho”, será a XIII edição”, explicou.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Governo anuncia redução de até 40% nas portagens da A28

Portagens

em

Foto: DR / Arquivo

As portagens da A28 vão sofrer uma redução de preço, mas só a partir dos primeiros sete dias de cada mês, anunciou hoje o Governo.

De acordo com Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial, a medida está prevista para julho deste ano e, para além da estrada que liga Porto a Viana, irá abranger outras seis autoestradas do país.

A governante explica que esta medida serve para beneficiar os utentes regulares desta via, com os descontos a serem aplicados apenas a partir dos primeiros sete dias do mês. Entre o oitavo e o décimo quinto dia, os utilizadores beneficiam de um desconto de 20%. Entre o dia 16 e o final do mês em vigor, os descontos são de 40%.

“Vamos conseguir implementar no terceiro trimestre deste ano um sistema de redução de portagens, privilegiando as portagens do interior. É um desconto de quantidades, que privilegia os utilizadores frequentes, quer sejam residentes quer trabalhem nestes territórios ou que os visitem regularmente”, disse a ministra à Rádio Renascença.

De acordo com a ministra, estima-se uma poupança de mais de 1.000 euros por ano para um veículo de Classe 1 e que, diariamente, utilize as autoestradas para trabalhar.

Para além da A28, também A22-Algarve, A23-IP, A23-Beira Interior, A24-Interior Norte, A25-Beiras Litoral e Alta, A4-Subconcessão AE transmontana, A4-Túnel do Marão, A13 e A13-1 – Subconcessão Pinhal Interior vão ser beneficiadas.

Apesar de ser uma medida para as vias do interior do país, a A28 e a Via do Infante também estão abrangidas por não existirem alternativas.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Cadáver de baleia-comum removido de praia em Viana

Praia Norte

em

Foto: José Flores

O cadáver de uma baleia comum com cerca de seis metros de comprimento e 2,5 toneladas de peso começou, esta quarta-feira, a ser removido da Praia Norte, em Viana do Castelo, disse à Lusa o comandante da capitania local.

Segundo o capitão do porto de mar e comandante da Polícia Marítima (PM) de Viana do Castelo, Sameiro Matias, o animal deu à costa, na terça-feira, cerca das 17:42, ainda com “alguns sinais de vida.

Sameiro Matias adiantou que, “sob orientação de uma bióloga do CRAM – Centro de Reabilitação de Animais Marinhos, em Quiaios, na Figueira da Foz, foram realizadas tentativas para afastar o mamífero, que acabou por morrer nas pedras da praia”.

Os trabalhos de remoção do cadáver da baleia começaram cerca das 09:00 com a participação da PM, de cinco operacionais e duas viaturas dos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, e meios dos Serviços Municipalizados de Viana do Castelo (SMSBVC).

Continuar a ler

Populares