Seguir o O MINHO

Região

Embalagens usadas dão descontos no Pingo Doce

em

Foto: DR/Arquivo

Uma nova campanha, hoje apresentada, vai permitir a troca de embalagens usadas por descontos em cartão numa cadeia de supermercados, iniciativa que para o secretário de Estado do Ambiente poderá incentivar os cidadãos a reciclar.

A campanha está disponível em 15 lojas espalhadas pelo país, dentre as quais: Fafe e Vizela, em Braga, Arcos de Valdevez, Monção (Gandra), Vila Nova de Cerveira (Lugar de Faias) e Viana do Castelo, sede de distrito.

A campanha “Reciclar Vale Mais”, dinamizada pela Environmental Global Facilities (EGF), disponibiliza, a partir de hoje, uma rede nacional de ecopontos “especiais” em 15 lojas da cadeia Pingo Doce, o que vai ser testado até 02 de outubro.

Ao entregar as embalagens usadas em sacos de 30 ou 50 litros, o cliente recebe 0,10 cêntimos ou 0,15 cêntimos em cartão, para utilização imediata.

“Temos em Portugal 33 por cento de pessoas que não fazem nada pela reciclagem. Temos que ser mais criativos porque praticamente nos últimos quatro ou cinco anos o valor ‘per capita’ não teve incremento”, apontou o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, na sessão de apresentação do projeto, que decorreu hoje na Quinta do Conde, em Sesimbra, distrito de Setúbal.

Através da campanha, Carlos Martins espera que os portugueses que “ainda não encontraram a motivação” se sintam incentivados a reciclar.

“Talvez a motivação económica seja o clique para os despertar para o que está por trás destes gestos, que além de ambientais, são de responsabilidade social”, frisou.

O governante manifestou-se ainda “esperançado” nos bons resultados da iniciativa, para que se torne “um projeto contínuo”.

A presidente do conselho de administração da EGF, Gabriela Ventura, também referiu que “o sucesso destas iniciativas é indissociável do comportamento do ser humano”.

Para a responsável, “a associação da reciclagem a um benefício económico é uma maneira de trazer as pessoas para este problema”.

O projeto tem o duplo objetivo de aumentar a quantidade de embalagens enviadas para a reciclagem e também que o cidadão faça a separação de resíduos de embalagens.

A ação faz parte de um projeto cofinanciado pela União Europeia, chamado Ecoponto com Desconto, aprovado pelo PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Anúncio

Braga

Homem mata mulher a tiro em Braga

Violência doméstica

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Uma mulher de 54 anos morreu esta sexta-feira em Braga vítima de um tiro de arma de fogo disparado pelo próprio marido.

O homem terá disparado sobre a mulher dentro da residência, localizada na rua da Bugide, freguesia de Pedralva.

Dirigiu-se esta noite ao posto territorial do Sameiro (GNR) onde confessou a autoria do crime.

Ao local acorreu uma ambulância INEM e a VMER de Braga, tendo confirmado o óbito da mulher.

O homem, de 59 anos, encontra-se sob custódia policial. Desconhecem-se ainda os motivos do crime.

Este é já o segundo caso de morte entre casais no distrito de Braga no espaço de seis dias.

No passado domingo, um homem matou a companheira em Gondifelos, Famalicão, pondo termo à vida de seguida.

Continuar a ler

Alto Minho

Mulher morre atropelada em Caminha

Em Seixas

em

Uma mulher com cerca de 70 anos perdeu a vida após atropelamento em Seixas, Caminha, na Estrada Nacional 13, apurou O MINHO junto dos Bombeiros de Caminha.

Para além da vítima mortal, o sinistro resultou ainda em mais dois feridos, um familiar da vítima, que também terá sido atropelado, e o condutor da viatura envolvida no acidente.

No local estiveram os Bombeiros de Caminha com três ambulâncias, assim como a VMER de Viana do Castelo. O alerta foi dado pelas 21:01 e o óbito foi declarado no local e a vítima transportada para o Instituto de Medicina Legal.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Braga

“Pico” nas urgências reteve ambulâncias no Hospital de Braga. Situação já normalizou

Bombeiros revoltados

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ambulâncias de várias corporações de bombeiros da região de Braga ficaram esta tarde de sexta-feira retidas durante mais de uma hora junto das urgências do Hospital de Braga, face ao tempo de espera na triagem.

Ao que O MINHO apurou junto de várias corporações da região de Braga, algumas ambulâncias chegaram mesmo a esperar mais de uma hora enquanto os doentes ficavam em macas no serviço de urgências, à espera de serem atendidos na triagem.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Fonte da unidade hospitalar disse a O MINHO que a situação se encontra normalizada, tendo existido um “pico” durante esta tarde, face a algumas situações de última hora que “atrasaram” as ambulâncias.

A mesma fonte indica, contudo, que tem sido dada “prioridade máxima” às macas que chegam nas ambulâncias, de forma a “libertar” as viaturas que são necessárias em outras ocorrências, não podendo ficar “à espera” naquele serviço.

Ao que O MINHO apurou ao final da tarde desta sexta-feira, a situação já se encontra normalizada.

Continuar a ler

Populares