Seguir o O MINHO

Guimarães

Em Guimarães ninguém pára a tradição e a noite do Pinheiro cumpriu-se

Proteção Civil tinha proibido cortejo

em

Foto: Rui Dias / O MINHO

As ruas de Guimarães encheram-se, na noite de segunda-feira, com milhares de nicolinos, rufando caixas e tambores, cumprindo a tradição que marca a abertura das Festas Nicolinas

Depois das Ceias Nicolinas, que aconteceram um pouco por toda a cidade, começou a juntar-se, nas Cancelas da Veiga, um grupo que foi engrossando e marchou até ao Campo da Feira, passando pelas principais ruas do Berço.

Desta vez o toque não acompanhou o Pinheiro que já estava erguido junto ao monumento do estudante, desde a manhã. O percurso terminou no local habitual, junto ao Pinheiro, por volta da meia-noite.

Como é habitual noutros anos, pequenos grupos resistiram pela noite dentro e fizeram ouvir o toque nicolino até de madrugada, em diversos locais icónicos da cidade.

Apesar da proibição do cortejo pela Proteção Civil, estas manifestações da tradição Nicolina decorreram sem incidentes.

Populares