Seguir o O MINHO

Guimarães

Edição de 2018 do WESTWAY LAB FESTIVAL promete ser a “maior e mais ambiciosa”

em

A edição de 2018 do WESTWAY LAB FESTIVAL, em Guimarães, pretende ser a “maior e mais ambiciosa”, com 28 concertos, novos palcos, mais áreas temáticas nas Conferências PRO, um projeto de criação, residências artísticas e ‘talks’, disse a organização.

Apresentada esta quinta-feira, aquela que será a quinta edição do evento e que decorrerá de 11 a 14 de abril, vai estender-se a vários locais da cidade de Guimarães e é o “resultado de uma evolução natural, estruturada e comandada por uma visão criativa sem precedentes”, segundo caracterizou o diretor artístico do festival, Rui Torrinha.

Foto: Divulgação

Com a particularidade de em 2018 o WESTWAY LAB FESTIVAL ter como país convidado a Áustria, o cartaz de 2018 tem uma “forte presença” internacional, com nomes como CARI CARI, BOWRAIN, AVEC, MOLY ou STEREOCITI LIVE, mas também de nomes nacionais como Manuel Cruz, Toulouse ou OMIRI.

“Este é um festival internacional desde a primeira hora. A cada ano que passa a comitiva internacional é cada vez maior, ou seja, o festival congrega cada vez mais interesses a nível internacional quer de bandas, quer de profissionais que vão todos os anos na primavera a Guimarães”, apontou Rui Torrinha.

Além do cartaz, o responsável destacou o caráter único de cada edição do festival: “Cada edição é única do ponto de vista da configuração, de quem participa e sobretudo do ponto de vista de conteúdos que produz. Produz conteúdos únicos que resultam das conferências, das residências artísticas, não é uma assemblagem de coisas que conhecemos, é de facto um laboratório vivo e isso faz com que cada edição seja única”, salientou.

O WESTWAY LAB FESTIVAL arranca dia 12 de abril no Centro Cultural Vila Flor (CCVF) com um ‘showcase’ das residências artísticas e a subida ao palco de BOWRAIN.

A 13 de abril, numa sexta-feira, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) recebe STEREOSSAURO ISAURA, OMIRI e MOONSHINERS e ainda dia 13, no Paço dos Duques de Bragança, terá lugar a Austrian Reception, seguida de mais concertos no CCVF, a cargo de CARI CARI.

AVEC sobe ao palco também dia 13, no CCVF, seguidos de LOBOS de BARROS, MOLLY e MOTSA.

O dia 14, ultimo dia do festival, abre com a apresentação das City Showcases, em vários espaços da cidade: Convívio, CAAA, All Guimarães e no Bar da Ramada. O WESTAWY regressa ao CCVF para se ouvirem os DEAR DEAR TELEPHONE, LEYYA, Manuel Cruz e STEREOCITI LIVE.

A programação completa do evento pode ser consultada em westwaylabfestival.com

Populares