Seguir o O MINHO

Arcos de Valdevez

Edição 2018 do ‘Desencaminharte’ finaliza, hoje, nos Arcos de Valdevez

10 autores portugueses intervieram na paisagem de 10 municípios do Alto Minho

em

Foto: Divulgação

A edição de 2018 do ‘Desencaminharte’ fica concluída hoje, a partir das 16:00, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez.

Para finalizar o projeto que desafiou dez autores a intervir na paisagem de dez municípios do Alto Minho é estreado um filme de Miguel C. Tavares sobre as obras realizadas, seguida de um debate com os dez autores dos projetos e a apresentação do livro “Arte aplicada ao Lugar – Desencaminharte 2018” com textos de Valter Hugo Mãe, Laura Castro e Mariana Pestana.

O evento terá início com a apresentação pública de um filme de Miguel C. Tavares, “uma construção visual e sonora a partir das obras realizadas nesta edição”, segundo nota da organização.

Seguir-se-á uma conversa com os autores dos projetos moderada por Laura Castro, onde estarão presentes Fernanda Fragateiro, FAHR 021.3, depA, STILL urban design + Miguel Seabra, Dalila Gonçalves, Pablo Pita, André Banha, Barão-Hutter, João Mendes Ribeiro e Gabriela Albergaria.

O evento terminará com o lançamento do livro “Arte aplicada ao lugar – DESENCAMINHARTE 2018” que, “mais do que um catálogo, pretende ser uma viagem pelo território e uma oportunidade de reflexão sobre as premissas lançadas”.
Neste sentido, foram convidados Laura Castro, Mariana Pestana e Valter Hugo Mãe para que, “com contributos distintos, mas complementares, escrevessem os ensaios que completam assim o retrato desta edição”.

O projeto, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho e programado pelo coletivo HODOS, visa fomentar a criação artística na região.

À semelhança do ano anterior, o DESENCAMINHARTE é cofinanciado pelo programa Norte 2020 – Programa Operacional Regional do Norte.

Anúncio

Arcos de Valdevez

Rojões e papas de sarrabulho regressam às mesas dos restaurantes em Arcos de Valdevez

Arcos à Mesa

em

Foto: DR/Arquivo

O concelho de Arcos de Valdevez vai ser palco, no fim de semana, da iniciativa Arcos à Mesa que leva envolve restaurantes do concelho na promoção dos rojões e das papas de sarrabulho.

Trata-se de um dos principais pratos da gastronomia daquele concelho, “muito procurado e apreciado nesta época do ano e intimamente ligado à matança do porco”.

A iniciativa inclui a doçaria tradicional, com destaque para Charutos dos Arcos, recentemente eleitos uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal, e o vinho verde produzidos na região.

O programa de animação engloba uma “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”, uma visita guiada a quintas de vinho verde do concelho, bem como provas de vinhos, animação musical com a atuação de rusgas, da Orquestra Microsom, no Campo do Trasladário, teatro e visitas à Porta do Mezio.

Continuar a ler

Arcos de Valdevez

Arcos de Valdevez: Primeira corrida assombrada marcada para dia 31

Até ao Paço de Giela.

em

Foto: DR/Arquivo

Arcos de Valdevez vai ser palco no dia 31 da primeira edição da “Corrida Assombrada”, promovida pela Academia Desportiva de Arcos de Valdevez em parceria com a Câmara local.

Em comunicado, hoje enviado à imprensa, aquela autarquia adiantou que a corrida, gratuita mas sujeita a inscrição prévia, começa às 21:00, com saída do Jardim dos Centenários (junto à Casa das Artes/Biblioteca Municipal).

Os participantes irão realizar um percurso de cerca de seis quilómetros pelas ruas de Arcos de Valdevez até ao Paço de Giela.

“A andar ou a correr, os participantes terão à sua espera muito divertimento e boa disposição, algumas zonas de espetáculo, para comemorar o Halloween”, adianta o município que apela aos participantes para trajar a rigor.

Continuar a ler

Arcos de Valdevez

Condutor sai praticamente ileso após queda de 150 metros em Arcos de Valdevez

Jovem de 19 anos

em

Foto: Filipe Guimarães

Um homem saiu com ferimentos apenas ligeiros após uma queda numa ravina de 150 metros, este sábado, em Sistelo, concelho de Arcos de Valdevez.

O acidente ocorreu na estrada de acesso aos lugares de Porto Cova e Padrão.

Foto: Filipe Guimarães

Foto: Filipe Guimarães

Foto: Filipe Guimarães

A vítima, um jovem de 19 anos natural de Aboím das Choças, Arcos de Valdevez, foi resgatado e trabsportado para o Centro Hospitalar do Alto Minho em Viana do Castelo, segundo o Jornal de Notícias.

Estiveram no local nove operacionais com três viaturas dos Bombeiros locais, a equipa SIV do INEM sediada em Arcos de Valdevez. A GNR tomou conta da ocorrência.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares