Seguir o O MINHO

em

O presidente do SC Braga disse, numa entrevista ao jornal Record, ser “muito difícil (…) ser campeão neste estado atual”. António Salvador defende que, “cada vez mais”, as assimetrias são maiores e vaticina que “o campeonato será cada vez mais desnivelado”.

Por isso, entrar na Liga Europa será, em 2019/2020, o primeiro objetivo do clube.  Depois: “vencer cada jogo em que estivermos”, é o lema do timoneiro dos bracarenses.

Olhando para a época 2018/2019, Salvador refere que a equipa orientada por Abel Ferreira esteve a dois pontos da liderança, à 21.ª jornada, e recorda os jogos seguintes.

Anúncio

Futebol

FC Porto em pleno e reforçado pela equipa ‘B’

Futebol

em

Foto: DR / Arquivo

A inclusão do jovem futebolista Rodrigo Valente foi hoje a novidade no FC Porto, no início da terceira semana de trabalho para preparar a retoma do campeonato em tempos de covid-19.

O jovem médio de 19 anos juntou-se assim a outros colegas da equipa B que também têm merecido a confiança do treinador Sérgio Conceição, nomeadamente o guarda-redes Francisco Meixedo, o médio Fábio Vieira e extremo João Mário.

O treino coletivo no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, depois de dois dias de folga, contou com todo o grupo, já que ninguém está a cargo do corpo clínico.

Os ‘dragões’ voltam a treinar quarta-feira de manhã, novamente no Olival, Vila Nova de Gaia.

Com 25 jornadas disputadas, o FC Porto comanda com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica e 14 que o Sporting de Braga, terceiro classificado.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho, depois de a Liga alemã ter sido retomada no sábado.

Continuar a ler

Futebol

Treinos individuais são mais “cansativos”

André André

em

Foto: DR / Arquivo

O médio André André, do Vitória SC, considerou hoje que os treinos individuais provocam mais cansaço do que o trabalho em grupo, após o regresso da equipa da I Liga portuguesa de futebol ao relvado.

Sem pisar a relva desde março, face ao estado de emergência que vigorou em Portugal, no âmbito da pandemia de covid-19, o plantel treinado por Ivo Vieira regressou à academia vitoriana na manhã de segunda-feira, mas com os atletas separados, devido às orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), algo que custou ao jogador de 30 anos.

“[O treino] individualizado cansa mais rapidamente do que [o treino] em grupo. Os outros jogadores dizem o mesmo. Falta o contacto e a comunicação, e o futebol é um desporto coletivo. Se fosse sempre assim, eu não queria [treinar], porque custa muito. Não podemos estar juntos, a saber o que o colega vai fazer e vai dizer”, descreveu, numa videoconferência promovida pelo clube.

Apesar do isolamento, André André assumiu estar com “grande motivação” e lembrou que o regresso às instalações vitorianas permite “sentir a relva”, “sentir as chuteiras” e até conversar com os colegas, sempre com “as distâncias necessárias”.

Além de treinarem individualmente, os jogadores vitorianos têm ainda, segundo o plano do departamento médico, de trabalhar com bola e material próprios, de rumarem à academia equipados de casa, face à interdição dos balneários, e de responder diariamente a questionários acerca de sintomas associados à covid-19, algo que o médio considerou necessário para o “bem-estar de todos”.

Afastado da competição entre março de 2019 e janeiro de 2020, por causa da deformidade de Haglund, uma inflamação junto ao calcanhar, André André participou em nove dos últimos 10 jogos oficiais do Vitória, com dois golos marcados, e mostrou-se confiante de que vai “estar física e psicologicamente bem” nos desafios que restam, caso a I Liga seja retomada.

O campeonato pode regressar a partir de 30 e 31 de maio, segundo as medidas de desconfinamento aprovadas pelo Governo, e o Vitória de Guimarães, sexto classificado, com 37 pontos, tem “confiança e motivação” para atingir os “lugares europeus” – cinco primeiros – nas 10 jornadas que restam, vincou o atleta, que, em Portugal, representou ainda FC Porto e Varzim.

Questionado sobre a realização das partidas em falta à porta fechada, o jogador reconheceu que é “sempre diferente”, até porque já realizou um jogo nessa condição pelos vitorianos, em Guimarães – empate com o Paços de Ferreira (2-2), em 2012/12 -, mas lembrou que as restantes 17 equipas da I Liga vão passar pela mesma situação.

“Jogar com o estádio cheio, perante os nossos adeptos, é sempre diferente, mas não somos só nós que vamos jogar à porta fechada. Espero que joguemos em casa e, jogando em nossa casa, estamos habituados a isso. Não vamos ter o apoio dos adeptos no campo, mas espero que nos deem força, dentro das suas casas”, admitiu.

Continuar a ler

Futebol

Campeonato alemão de futebol vai ser retomado em 15 de maio

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

O campeonato alemão de futebol vai ser retomado em 15 de maio, dois meses depois de ter sido suspenso devido à pandemia de covid-19, comunicou hoje a Liga Alemã de Futebol (DFL) aos clubes, segundo revelou a AFP.

De acordo com a agência de notícias francesa, que relata uma informação confirmada pela DFL, os 36 emblemas dos dois principais escalões já foram informados da data de recomeço da Bundesliga e da Bundesliga 2, depois de o governo germânico ter autorizado o arranque das competições a partir da segunda quinzena de maio, à porta fechada.

Desta forma, a 26.ª jornada da Bundesliga, que deveria ter sido disputada entre 13 e 16 de março, vai ter lugar a partir de sexta-feira da próxima semana, dia 15 de maio.

Tudo indica que o encontro inaugural da ronda seja o Fortuna Dusseldorf-Paderborn, como estava previsto acontecer em março, mas os detalhes do regresso da competição serão discutidos numa reunião da DFL, na quinta-feira.

Em 16 de março, dias depois de a 26.ª jornada ser adiada, o principal campeonato alemão de futebol foi suspenso, então até 02 de abril, e depois por tempo indeterminado, para agora ter ‘luz verde’ para regressar.

Após a ronda 25, concluída em 11 de março, o Bayern Munique, que procura o 30.º título e oitavo consecutivo, é o líder da prova, com 55 pontos, contra 51 do Borussia Dortmund, 50 do Leipzig, 49 do Borussia Mönchengladbach e 47 do Bayer Leverkusen, quando faltam disputar nove jornadas.

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados – nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América – ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Os campeonatos de futebol de França e Países Baixos foram, entretanto, cancelados, enquanto o da Alemanha teve hoje permissão para voltar e Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam igualmente o regresso.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 257 mil mortos e infetou quase 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

Notícia atualizada às 22h35.

Continuar a ler

Populares