Seguir o O MINHO

Desporto

“É indesmentível que estamos mais fortes” – Paulo Fonseca

em

Paulo Fonseca considerou esta sexta-feira que o plantel do Sporting de Braga ficou mais forte depois dos últimos reforços e previu um jogo muito complicado diante do Estoril-Praia, no sábado, da quarta jornada da Liga de futebol.


Os minhotos retocaram o plantel nos últimos dias do ‘mercado’, que fechou a 31 de agosto, e o técnico mostrou satisfação pelas soluções encontradas.

“É indesmentível que estamos mais fortes. O Aarón Niguez e o Wilson Eduardo chegaram porque eram excelentes oportunidades de negócio e têm qualidade para jogar. O Arghus estava sinalizado depois da saída de Santos, o Filipe Augusto chegou porque o Pedro Tiba pediu para sair e acedemos ao seu pedido. Estamos mais fortes, mas são jogadores que chegaram agora e estão a integrar-se e terão a sua oportunidade”, disse.

Sobre a saída de Pedro Tiba para o Valladolid, da segunda divisão espanhola, jogador titular durante praticamente toda a época passada e que deixou alguns reparos implícitos ao treinador português na apresentação na equipa espanhola, Paulo Fonseca disse que a decisão foi do médio.

“Entendo até onde ele quer chegar até porque fui jogador, mas se lhe perguntarem se alguma vez lhe demonstrei que a minha vontade era que ele abandonasse o plantel isso nunca aconteceu, a iniciativa foi dele. Eu contava com ele, foi convocado nos três jogos, é um ativo do clube, mas foi ele próprio que quis sair”, explicou.

Paulo Fonseca não quis individualizar mais questões sobre jogadores, mas detalhou que as suas escolhas são feitas com base em quatro parâmetros: treino durante a semana, estratégia de jogo, assimilação das suas ideias e desempenho nos jogos.

Sobre a partida com o Estoril-Praia, anteviu “um jogo bastante complicado”.

“Vi os jogos do Estoril [esta época] e fiquei preso pela qualidade de jogo apresentada. Se virmos pelos resultados nada de significativo fez, mas jogou fora contra Benfica e FC Porto, e Moreirense em casa, e constatei que nesses jogos teve uma qualidade muito apreciável. Admiro a sua equipa pela postura no jogo, pela forma como demonstra as suas intenções coletivas. É uma equipa muito forte e se não demonstramos mais vontade e determinação que o Estoril corremos o risco de não termos um bom resultado e o que queremos é alcançar a primeira vitória fora”, referiu.

Considerou ainda que a equipa está a evoluir de dia para dia no caminho que pretende e garantiu que o jogo da Liga Europa, quinta-feira, com o Slovan Liberec, não terá praticamente influência nenhuma” na partida de sábado, admitindo algumas mudanças porque, “independentemente de quem jogar, o coletivo não perde qualidade”.

“Felizmente vamos começar a jogar aos fins de semana e a meio da semana, é sinal que estamos envolvidos em competições importantes, mas temos um plantel com qualidade suficiente para encarar de forma ambiciosa toda as competições”, afirmou.

Sporting de Braga, quinto classificado com seis pontos, e Estoril-Praia, 14.º com três, defrontam-se no sábado, às 18:30, no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Anúncio

Futebol

Varela, do Vitória SC, eleito melhor guarda-redes do mês da I Liga

Matheus (SC Braga) em terceiro

em

Foto: Vitória SC (Arquvio)

Bruno Varela, do Vitória SC, foi considerado o EuroBic Guarda-Redes da Liga NOS de setembro/outubro.

O guardião dos vimaranenses somou 19,70% dos votos dos treinadores principais da competição.

A acompanhar Bruno Varela no pódio ficaram Odysseas (SL Benfica), com 18,94%, e Matheus (SC Braga), com 12,88% dos votos.

Durante o período em questão, o guarda-redes português atuou em cinco partidas, tendo sofrido apenas dois golos.

Continuar a ler

Futebol

César Peixoto é o novo treinador do Moreirense

Sucede a Ricardo Soares

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador César Peixoto foi escolhido para substituir Ricardo Soares no comando técnico do Moreirense até ao final da época, confirmou hoje o clube da I Liga de futebol.

O antigo defesa internacional português prepara-se para abraçar a primeira experiência como técnico principal no escalão principal, após ter orientado o Varzim em 2018/19 e repartido a última temporada com passagens por Académica e Desportivo de Chaves.

César Peixoto, de 40 anos, representou como futebolista FC Porto, Benfica, Sporting de Braga, Vitória de Guimarães ou Gil Vicente, entre outros clubes, tendo conquistado 10 títulos internos, incluindo quatro campeonatos, e quatro provas internacionais.

O treinador natural das Caldas das Taipas, no concelho de Guimarães, venceu 11 dos 35 encontros disputados na II Liga e sucederá a Ricardo Soares, que acertou na segunda-feira a rescisão por mútuo acordo com o Moreirense, sem especificar os motivos.

O felgueirense, de 45 anos, cumpria na vila de Moreira de Cónegos a terceira passagem pela I Liga, após orientar Desportivo de Chaves (2016/17) e Desportivo das Aves (2017/18), num percurso com outras experiências vividas em divisões inferiores.

Ricardo Soares chegou ao emblema de Moreira de Cónegos em dezembro de 2019, oriundo do Sporting da Covilhã, para substituir Vítor Campelos, tendo levado o clube vimaranense à oitava posição na última edição da I Liga, com 43 pontos.

O Moreirense ocupa a 11.º posição, com oito pontos e um jogo a menos, numa altura em que os treinos estão suspensos devido ao surto de covid-19, que assolou o clube na semana passada e originou 30 casos de infeção, cuja maioria está assintomática.

Em 2020/21, os minhotos alcançaram dois triunfos caseiros, diante de Farense (2-0) e de Marítimo (2-1), empataram na receção ao Boavista (1-1) e na visita ao Belenenses SAD (0-0) e perderam nas deslocações aos terrenos de Benfica (2-0) e Rio Ave (2-0).

O Moreirense deveria ter recebido o Paços de Ferreira no sábado, num encontro da sétima jornada da I Liga, que foi adiado para 01 de dezembro, às 21:45, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

O próximo compromisso dos vimaranenses é a visita ao Merelinense, integrada na terceira eliminatória da Taça de Portugal e aprazada para 22 de novembro, às 15:00, no Estádio João Soares Vieira, em Merelim São Pedro, freguesia do concelho de Braga.

Continuar a ler

Futebol

Portugal realiza primeiro treino para dupla jornada decisiva da Liga das Nações

Futebol

em

Foto: Seleções de Portugal

A seleção portuguesa realiza hoje, na Cidade do Futebol, em Oeiras, o primeiro treino com vista a defrontar Andorra, na quarta-feira, em jogo de preparação para a dupla jornada decisiva da Liga das Nações, com França e Croácia.

Dos 25 convocados por Fernando Santos, concentraram-se na noite de segunda-feira 23, uma vez que Anthony Lopes e Raphael Guerreiro foram devidamente autorizados a apresentarem-se hoje, estando a sessão de treino agendada para as 10:30. Tal como já tinha acontecido em setembro e outubro, o apronto será totalmente fechado à comunicação social devido à pandemia de covid-19, contudo, as imagens dos primeiros 15 minutos serão disponibilizadas aos meios de comunicação social.

Após a sessão de treino, Fernando Santos e um jogador a designar irão fazer a antevisão ao desafio com Andorra, em conferência de imprensa a partir das 12:30, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Os avançados Pedro Neto (Wolverhampton) e Paulinho (Sporting de Braga) integram pela primeira vez os 25 ‘eleitos’ de Fernando Santos para os últimos encontros da equipa das ‘quinas’ em 2020, ao contrário do experiente central Pepe (FC Porto), que ficou de fora devido a lesão.

Em relação à última convocatória, Fernando Santos deixou de fora Bruno Varela (Vitória de Guimarães), Sequeira (Sporting de Braga), Daniel Podence (Wolverhampton, Ing), Rafa Silva (Benfica) e André Silva (Eintracht Frankfurt, Ale).

O lateral-esquerdo Mário Rui, que foi retirado da última convocatória, uma vez que foi impedido de sair de Itália devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, volta a estar nas escolhas, tal como José Fonte, Anthony Lopes e Cristiano Ronaldo, que testaram positivo ao novo coronavírus na anterior concentração da seleção.

Portugal defronta Andorra na quarta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa, pelas 19:45, antes de receber os franceses no mesmo terreno, três dias depois, e de visitar os croatas, no dia 17, naqueles que serão os dois últimos encontros no Grupo 3 da Liga das Nações.

Com duas jornadas para disputar, Portugal, detentor do troféu, lidera o grupo, com 10 pontos, os mesmos da França, enquanto Croácia, com três, e Suécia, ainda sem pontuar, já estão afastadas da fase final.

Continuar a ler

Populares