Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Duas jovens feridas em Ponte de Lima após colisão e atropelamento

Uma das vítimas ficou em estado grave

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Duas jovens na casa dos 20 anos ficaram com ferimentos na sequência de uma colisão seguida de atropelamento, esta manhã, em Arcozelo, concelho de Ponte de Lima.


Uma das vítimas ficou mesmo em estado grave, fraturando a anca e o fémur, mas esteve sempre consciente e cooperante com os serviços de emergência, ao que O MINHO apurou junto do fonte dos Bombeiros de Ponte de Lima.

Os intervenientes na colisão não registaram qualquer ferimento, apontou a mesma fonte.

As vítimas, ambas residentes em Santa Comba (Ponte de Lima), foram transportadas para o Hospital de Viana do Castelo pelos Bombeiros de Ponte de Lima.

A GNR de Ponte de Lima registou a ocorrência.

Anúncio

Alto Minho

Jovem motociclista em estado grave após despiste em Ponte de Lima

Acidente

em

Foto: DR

Um jovem de 25 anos sofreu ferimentos na sequência de um despiste de mota, ao início da tarde deste domingo, no concelho de Ponte de Lima.

Ao que apurou O MINHO, o condutor entrou em despiste na Rua São Joanes, em Serdedelo, sofrendo ferimentos graves.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Ponte de Lima, apoiados pela equipa médica da VMER de Braga.

A vítima foi transportada para o Hospital de Braga.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Alto Minho

Ponte de Lima vai “acatar” mas considera restrições “medida discutível”

Covid-19

em

Foto: DR

O presidente da Câmara de Ponte de Lima, disse hoje que o confinamento parcial no concelho devido à covid-19 “é discutível”, mas o município irá “naturalmente acatar”.

“É uma decisão discutível, mas que naturalmente iremos acatar como não poderia deixar de ser. Só ultrapassámos o valor de 240 casos ativos por 100.000 habitantes apenas pela existência de um surto localizado na Casa de Caridade de Nossa Senhora da Conceição, com 72 casos positivos”, afirmou à agência Lusa Victor Mendes.

Sobe para 63 número de utentes infetados na Casa da Caridade, em Ponte de Lima

Dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, seis integram a lista nacional de 121 abrangidos, a partir de quarta-feira, pelo dever cívico de recolhimento domiciliário, novos horários nos estabelecimentos e teletrabalho obrigatório, salvo “oposição fundamentada” pelo trabalhador, devido à covid-19.

Além de Ponte de Lima, a medida hoje apresentada pelo primeiro-ministro, António Costa, após um Conselho de Ministros extraordinário que decidiu novas decisões para controlar o aumento de casos de covid-19 no país, encontram-se os concelhos de Viana do Castelo, Valença, Caminha, Paredes de Coura e Cerveira.

18 concelhos do Minho em confinamento parcial a partir de 04 de novembro

As novas medidas são aplicadas a concelhos com mais de 240 casos de infeção com o novo coronavírus por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

“Como no total temos 115 casos ativos, os restantes 43 casos ativos, sem contar com os casos da Casa de Caridade, daria um valor na ordem dos 100 casos ativos por 100.000 habitantes, muito abaixo do indicador estabelecido pelo Governo”, argumento Victor Mendes, eleito pelo CDS-PP.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 45,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.507 pessoas dos 141.279 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Continuar a ler

Alto Minho

Casos ativos de covid-19 sobem para 115 em Ponte de Lima

Covid-19

em

Foto: Manuel Araújo / O MINHO

O número de casos ativos de covid-19 em Ponte de Lima subiram em 15 em apenas dois dias. Dos 100 registados às 20:00 horas de quarta-feira, o concelho passou para 115 nesta sexta-feira, facto para o qual é determinante o surto detetado na Casa da Caridade, com 74 infetados – 63 utentes e 11 funcionários.

Estes dados foram recolhidos por O MINHO junto da Unidade Local de Saúde do Alto Minho e foram atualizados às 20:00 desta sexta-feira.

O concelho limiano tem 128 doentes recuperados, número que se mantém nas últimas 48 horas.

No total, registam-se 245 casos de infeção desde o início da pandemia, mais 15 desde quarta-feira.

A nível distrital, o Alto Minho contava, ao final do dia de quarta-feira, com 563 casos ativos, 67 óbitos e 1.195 recuperados.

O distrito soma 1.825 1.738 casos acumulados desde o início da pandemia, mais 87 nos últimos dois dias.

Continuar a ler

Populares