Seguir o O MINHO

Braga

Dono do “camião do fraque” vai recorrer da condenação por injúrias a “O Feliz”

em

Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

O empreiteiro bracarense Domingos Correia, que é conhecido como dono do “camião do fraque”, vai recorrer da condenação que lhe foi aplicada esta sexta-feira à tarde, em Braga, por alegados crimes de injúrias ao empresário António Feliz e à metalomecânica “Feliz”.

Domingos Ferreira Correia, que ontem não assistiu à leitura da sentença condenatória, por estar a trabalhar no Algarve, foi condenado, em cúmulo jurídico na pena de 120 dias de multa, à taxa diária de oito euros, no valor global de 960 euros, bem como a indemnizar em 750 euros António Feliz e em mais 750 euros a empresa metalomecânica “Feliz, SA”.

Segundo fontes ligadas a Domingos Correia, este empreiteiro não se terá conformado com a pena por crime de injúria a António Feliz e ofensa à empresa administrada pelo mesmo, daí o recurso a apresentar, para o Tribunal da Relação de Guimarães, apurou O MINHO.

No final do julgamento, realizado há duas semanas, no Juiz Criminal 2 de Braga, perante a juíza Maria do Rosário Lourenço, o Ministério Público tinha pedido a condenação para o empreiteiro Domingos Correia, mais conhecido por “dono do camião do fraque” quando andava atrás do presidente do Sporting de Braga, António Salvador, com uma betoneira e uma carrinha, mas foi judicialmente impedido de continuar a utilizar esses métodos, que terão sido inspirados no conceito de “cobranças difíceis subtis”, tipo “Senhor do Fraque”.

Domingos Correia, de 41 anos, desmentiu no julgamento ter proferido a expressão “vós estais habituados a roubar”, alegadamente dirigida a António Feliz, o administrador da metalomecânica Feliz, devido a desinteligências relacionadas com negócios entre ambos.

A hipótese de um acordo gorou-se, porque Domingos Correia recusou pedir desculpa ao então seu amigo, pelo teor do telefonema realizado em 26 de novembro de 2015, já que segundo a versão do arguido, “eu nada lhe disse que justifique um pedido de desculpas”, negando tais palavras, mas “somente disse que iria tratar do caso nas instâncias próprias”.

Segundo Domingos Correia, “ele não construiu um pórtico em Vila Franca de Xira que lhe paguei antecipadamente e tive de custear duas vezes para outros o fazerem”, enquanto António Feliz diz que a razão do telefonema foi para “pedir-me uma redução do preço”, admitindo que o assunto do pórtico foi tratado, mas num telefonema anterior quando se encontrava na Argélia e ficou de devolver a chamada, o que não fez por “esquecimento”.

Anúncio

Braga

Braga apresenta novo albergue para peregrinos

Freguesia de Merelim São Pedro

em

Foto: Facebook de Caminhos por Braga / DR

Braga disponibilizou um novo albergue público para peregrinos situado na Rua do Carmo, na freguesia de Merelim São Pedro.

Foto: Facebook de Caminhos por Braga / DR

 

Segundo a página Caminhos Por Braga, o albergue conta com cozinha completa, camarata, casas de banho separadas para o sexo masculino e feminino e Wi-Fi.

Foto: Facebook de Caminhos por Braga / DR

Os peregrinos terão também acesso a um mini-mercado e a uma Caixa Multibanco situadas na proximidade do local.

 

 

 

 

Continuar a ler

Braga

Queijaria de Braga vence prémio de melhor loja gourmet em Portugal

Prémios da revista Vinho Melhores Escolhas

em

Foto: Facebook de Corriqueijo

A empresa Corriqueijo, sediada no centro da cidade de Braga, na Rua dos Biscainhos, foi considerada a “Melhor Loja Gourmet” nos prémios da revista VINHO Grandes Escolhas.

O prémio foi entregue na passada sexta-feira, durante a gala que decorreu no velódromo nacional de Sangalhos, no distrito de Coimbra, recolhendo vários elogios do júri.

De acordo com os jurados, a marca artesanal bracarense“distingue-se pela grande variedade de queijos artesanais, internacionais e nacionais, garantindo um contacto pessoal e privilegiado com os pequenos produtores do país e uma experiência única a todos os que a visitam”.

Recorde-se que, na mesma gala, a quinta Soalheiro, sediada em Melgaço, foi distinguida como “Melhor Marca do Ano”.

Soalheiro eleito Marca do Ano 2019 nos prémios Revista dos Vinhos

O grande destaque desta edição foi para o Niepoort Porto Vintage 2017, considerado o Vinho do Ano 2019. O prémio produtor do ano foi para a Quinta da Boavista. O Produtor de Vinhos Fortificados do Ano foi para o grupo Fladgate Partnership (Taylor”s, Fonseca, Croft e Krohn).

Continuar a ler

Braga

Investigador da UMinho desenvolve composto capaz de matar células cancerigenas

Ricardo Pires

em

Foto: researchgate.net / DR

O investigador da UMinho, Ricardo Pires, comanda uma investigação responsável pela criação de um composto capaz de neutralizar células cancerígenas criando uma cápsula de fibras que envolve o tumor e provoca a sua morte celular.

Segundo o programa 90 Segundos de Ciência, da Antena 1, Ricardo Pires, do grupo 3B’s – Biomateriais, Biodegradáveis e Biomiméticos da Universidade do Minho (UM), tem criado métodos para a distinção das células cancerígenas das células saudáveis utilizando enzimas e proteínas para reduzir os avanços da doença.

O composto criado é capaz de se auto-organizar em estruturas pré-programadas e será este avanço que permitirá ao investigador neutralizar as células malignas.

O investigador afirma que “ao haver esta conversão é formada uma rede à volta da célula que encapsula a célula nessa rede e inibe a troca de nutrientes promovendo a morte celular auto-regulada. Isto é, a própria célula cancerígena inicia processos internos para se suicidar. Nesta altura estamos a ultimar as partes dos testes in vivo em animais e a seguir iremos fazer testes de eficácia do composto a longo termo, utilizando tempos mais longos, para ver se há algum retrocesso no cancro ou não”, conclui.

Os testes efetuados até agora utilizam com modelos de osteossarcoma, um cancro que afeta os ossos.

 

Continuar a ler

Populares