Seguir o O MINHO

Alto Minho

Dois milhões para transformar imóvel degradado de Caminha em projeto turístico

Investimento privado

em

Foto: Divulgação / CM Caminha

Uma empresa portuguesa está a investir dois milhões de euros na requalificação de um imóvel degradado situado em plena marginal de Caminha, para o transformar num empreendimento turístico de luxo, informou hoje a câmara local.


Em comunicado hoje enviado à imprensa, para dar nota do início dos trabalhos de recuperação de um edifício “icónico” no centro histórico daquela vila, a autarquia presidida pelo socialista Miguel Alves explica que o projeto “vai criar cinco apartamentos ‘premium’ para o turismo, apostando num segmento alto do mercado”.

“Com acabamentos e decoração de luxo, o equipamento terá quatro apartamentos T2 e um apartamento T4, para além de piscina, zona de lazer, sauna e outros serviços complementares. O empreendimento terá ainda um salão com capacidade para albergar eventos com meia centena de pessoas”, refere a nota, destacando que “a empresa de construção civil responsável pela empreitada é do concelho de Caminha”.

Para o presidente da câmara, Miguel Alves, citado no documento, o investimento agora iniciado tem “um duplo significado”.

“O primeiro, a valia de uma indústria como o turismo que, nos últimos anos, duplicou o número de hóspedes na nossa terra. O segundo, vem demonstrar a confiança dos agentes económicos num momento de medo e de interrogação”, disse, referindo-se à pandemia de covid-19.

“Mesmo em tempos de pandemia, o concelho de Caminha não deixa de atrair investimento na área do Turismo”, reforçou.

De acordo com a autarquia, com este novo empreendimento “são já cinco os projetos desenvolvidos pela Ma Petite Maison Lda no concelho da Foz do Minho, sinal da confiança gerada pelo bom desenvolvimento da economia nos últimos anos”.

“No meio desta pandemia que tomou conta do nosso quotidiano, os investidores privados continuam a aparecer e dão um sinal positivo para o futuro. O momento é muito difícil, mas a descida da taxa de desemprego no mês de junho e o aparecimento destes investidores, dão-nos alento, enquanto comunidade, para enfrentarmos os meses duros que se seguem”, realçou o autarca socialista.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 750 mil mortos e infetou quase 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.770 pessoas das 53.548 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Anúncio

Viana do Castelo

Chico da Tina volta a ser rei da internet com 100 mil ‘views’ em menos de 24 horas

Trapstar do Alto Minho

em

Foto: DR

O novo videoclipe de Chico da Tina, músico de Viana do Castelo, é mais um sucesso na internet. Lançado às 12:00 de domingo no You Tube, “7. Ronaldo” já tinha, às 10:00 desta segunda-feira, ultrapassado as 100 mil visualizações.

Chico da Tina (abreviatura de Francisco da Concertina) é um dos maiores fenómenos da música portuguesa atual, somando números astronómicos de visualizações no You Tube.

Já o último videoclipe, “Resort”, como O MINHO noticiou, tinha alcançado as 100 mil visualizações em apenas um dia – pouco mais de um mês depois já ultrapassou um milhão.

Algo a que o ‘trapstar’ do Alto Minho já está habituado, uma vez que os vídeoclipes de dois dos seus temas mais famosos, “Põe-te Fino” e “Freicken”, têm 1,6 milhões e 1,7 milhões de visualizações, respetivamente.

Chico da Tina estreou-se com o EP “Trapalhadas” em 2019 e no mesmo ano lançou o primeiro longa-duração “Minho Trapstar”.

Novo ‘clip’ de Chico da Tina (trapstar do Alto Minho) com 100 mil ‘views’ em 24 horas

O músico minhoto ganhou maior visibilidade após ganhar o Prémio de música realizado pelo festival Mimo de Amarante, no ano passado.

Fortemente influenciado pelos sons e vivências do Minho, criou uma combinação inédita entre o trap (subgénero do rap), a concertina e as gírias regionais, unindo a tradição e a modernidade.

“É uma proposta meta-irónica do trap subvertido ao linguajar e costumes do universo minhoto. No entanto, para além desta ‘colagem’ estética entre dois polos que à primeira vista poderiam ser opostos, há um atrevimento lírico que se pretende afirmar pelo desafio ao politicamente correcto e aos limites da linguagem que ultimamente se têm vindo a estreitar”, refere a sua descrição na página do festival Mimo.

Continuar a ler

Alto Minho

Mulher morre atropelada por camião em Ponte de Lima

Acidente

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Uma mulher, com mais de 60 anos, foi atropelada mortalmente por um camião, na manhã desta segunda-feira, em Fojo Lobal, Ponte de Lima, apurou O MINHO junto de fonte dos bombeiros.

A vítima mortal, moradora naquela freguesia, seguia naquela via municipal quando, segundo relatos, terá caído e sido colhida pelo camião.

O óbito foi declarado no local.

O comandante Carlos Lima explicou à Agência Lusa que “o condutor do veículo pesado ficou em estado de choque”, tendo sido enviada para o local uma Viatura de Emergência Médica (VMER) estacionada no hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, para que possa “receber acompanhamento médico”.

O alerta foi dado às 09:08.

Prestaram socorro os Bombeiros de Ponte de Lima, com dois operacionais e uma viatura, com apoio da SIV de Ponte de Lima e VMER de Viana do Castelo.

A GNR está a investigar as causas do acidente.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Viana: No último domingo do verão houve quem fosse à praia (e quase se afogasse)

Afife

em

Foto: Arquivo

O calendário juliano marca este domingo como sendo o último do verão de 2020, um período de férias atípico marcado pelas condicionantes de uma pandemia como a nossa geração nunca viu.

Com o verão quase a terminar (outono chega na terça-feira), e apesar do tempo instável que se tem sentido ao longo dos últimos dias, houve quem se aventurasse nas praias do Minho, existindo uma ocorrência de pré-afogamento numa praia de Viana do Castelo.

Ao que apurou O MINHO, dois homens, na casa dos 40 anos, escaparam à morte nas águas da costa da praia de Afife, ao início da tarde deste domingo.

Uma das vítimas “atrapalhou-se” quando nadava, levando a que um amigo o tentasse resgatar, mas acabou também ele por se ver aflito na água do mar.

Os dois acabaram por chegar ao areal pelos próprios meios, bastante estafados, o que motivou um pedido de alerta de emergência. O alerta foi dado às 15:59.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo para prestar os primeiros socorros às vítimas. Transportaram ambos para o Hospital de Santa Luzia, por precaução.

A Polícia Marítima registou a ocorrência que parece fechar o verão nos areais de Viana. Com uma tragédia evitada.

Continuar a ler

Populares