Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Dois imigrantes detidos em Viana do Castelo por permanência ilegal no país

em

Foto: DR/Arquivo

O Comando Territorial de Viana do Castelo da Guarda Nacional Republicana (GNR) divulgou esta segunda-feira a atividade operacional da última semana, entre os dias 4 e 10 de dezembro. Três pessoas foram detidas em flagrante delito, duas por permanência ilegal em território nacional, e uma por condução sob o efeito de álcool.


Foram apreendidas nove doses de haxixe e três portáteis. No trânsito foram detetadas 230 infracções, sendo 57 sinistralidades om 37 feridos leves.

Em fiscalização geral, foram 18 autos de contraordenação, 11 no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente, e sete no âmbito de policiamento geral.

Anúncio

Viana do Castelo

Autarca de Viana vai ‘dar tudo’ para travar exploração de lítio na Serra d’Arga

Minério

em

Foto: DR

O presidente da Câmara de Viana do Castelo afirmou hoje que tudo será feito para impedir a exploração de lítio na Serra d’Arga, sublinhando que em causa está “uma pérola” ambiental que não pode ser desperdiçada com explorações mineiras.

Na reunião do executivo, em resposta a uma pergunta do PSD, José Maria Costa (PS) acrescentou que os municípios de Viana, Caminha, Ponte de Lima e Cerveira estão a trabalhar no processo de classificação da Serra d’Arga como Área de Paisagem Protegida, naquele que poderá ser um triunfo decisivo para travar a exploração de lítio.

“Tudo faremos para impedir a exploração de lítio. A Serra d’Arga é uma pérola que não podemos desperdiçar com explorações mineiras”, sublinhou o autarca.

José Maria Costa vincou a intenção da região em transformar aquela serra num “santuário ambiental”, rentabilizando-a através de uma aposta no turismo da natureza.

Por isso, e com a ajuda de uma equipa técnica contratada para o efeito, os quatro municípios estão a preparar o processo para o avanço do pedido da classificação como Área de Paisagem Protegida.

José Maria Costa adiantou ainda que os municípios dispõem de informação de que a qualidade do lítio e da matéria-prima que existe na Serra d’Arga “não é relevante”.

“Mais uma razão para podermos ter um outro tipo de aproveitamento, na área ambiental e na valorização de um recurso turístico sustentável”, disse ainda.

Na semana passa, no Porto, o secretário de Estado da Energia disse à Lusa que a lei que regulamenta as regras ambientais em sede de prospeção de lítio está “pronta” e “deve ser aprovada em Conselho de Ministros brevemente”, sendo posteriormente lançado o concurso público.

Em julho de 2019, o Governo decidiu “excecionar” o sítio Rede Natura 2000 Serra d’Arga do conjunto de áreas a integrar no concurso para a prospeção de lítio, mas o porta-voz do movimento SOS Serra d’Arga, Carlos Seixas, assegurou em janeiro que se mantém a pretensão de exploração mineira naquela serra.

Segundo a proposta de Orçamento do Estado, o Governo quer criar em 2020 um ‘cluster’ do lítio e da indústria das baterias e vai lançar um concurso público para atribuição de direitos de prospeção de lítio e minerais associados em nove zonas do país.

Devem ser abrangidas as áreas de Serra d’Arga, Barro/Alvão, Seixo/Vieira, Almendra, Barca Dalva/Canhão, Argemela, Guarda, Segura e Maçoeira.

Continuar a ler

Alto Minho

Detido em Viana do Castelo com quase 700 doses de heroína, cocaína e haxixe

Crime

em

Foto: DR / Arquivo

A PSP deteve, esta quinta-feira, um homem de 44 anos, suspeito de tráfico de droga, em Viana do Castelo.

A detenção resultou de uma investigação que estava a ser levada a cabo nos últimos quatro meses.

Hoje, o dispositivo de Investigação Criminal do Comando Distrital de Viana do Castelo realizou três buscas domiciliárias, que culminaram na detenção do indivíduo, desempregado, residente na cidade de Viana do Castelo, e na apreensão de 120 doses de heroína, 381 doses de cocaína, 168 doses de haxixe e 100 euros em numerário, entre outros artefactos relacionados com o tráfico de droga.

Material apreendido. Foto: PSP

Segundo comunicado da PSP, o suspeito vendia droga diretamente a consumidores na cidade de Viana do Castelo, onde residente.

O suspeito vai ser hoje presente no Tribunal de Viana do Castelo para aplicação de medidas de coação.

Continuar a ler

Alto Minho

Nuno Araújo é o novo presidente do Conselho de Administração da APDL

Designado pelo governo

em

Foto: Verdadeiro Olhar / DR

O Ministério das Infraestruturas e Habitação designou hoje Nuno Araújo como presidente do Conselho de Administração da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) para o próximo triénio 2020-2022, anunciou a entidade portuária.

Presidido por Nuno Araújo, o conselho de administração mantém como vogais Cláudia Soutinho e Joaquim Gonçalves.

O novo presidente, que até agora exerceu funções como vogal na administração da APDL, substitui no cargo Guilhermina Rego, que terminou o seu mandato em dezembro de 2019, mas que se manteve em funções até 30 de junho.

A APDL é a entidade responsável pela jurisdição do Porto de Leixões, do Porto de Viana do Castelo e da Via Navegável do Douro.

Continuar a ler

Populares