Seguir o O MINHO

Ave

Prisão preventiva para dois detidos que espancaram jovem à porta de discoteca em Fafe

Outros dois suspeitos identificados estão em parte incerta

em

Foto: O MINHO

Dois dos três cidadãos brasileiros detidos pela Polícia Judiciária de Braga, por tentativa de homicídio, à porta de uma discoteca, em Fafe, ficaram em prisão preventiva, segundo determinou, esta quinta-feira à noite, o juiz de instrução criminal de Guimarães, face às fortes suspeitas de estarem todos envolvidos neste crime.

O terceiro detido, que fazendo parte do grupo criminoso, não terá participado diretamente nas agressões, já se encontra na sua residência, com apresentações periódicas na GNR, continuando a monte mais dois outros jovens, que se encontrarão ambos identificados, pela Brigada de Homicídios da Polícia Judiciária de Braga.

Pancadaria à porta de discoteca em Fafe

Estes primeiros detidos, um dos quais se apresentou voluntariamente esta quarta-feira na PJ, de nomes Igor, Everton e Wandson, são todos suspeitos de envolvimento nas agressões que vitimaram um jovem, com 24 anos, Rui Mendes, neste momento a debater-se entre a vida e a morte, no Hospital Central de Braga, estão indiciados de crimes de homicídio qualificado na forma tentada e de ofensa à integridade física qualificada.

EM FOCO

Populares