Seguir o O MINHO

Cávado

Doente esquizofrénico que matou amigo em Barcelos pode ser inimputável

em

O Ministério Público quer considerar inimputável o homem que matou, com um tiro de caçadeira na cara, um amigo em Perelhal, concelho de Barcelos, em abril do ano passado, avançou a CMTV.

O arguido, que sofre de psicose esquizofrénica paranoide, estava convencido que o amigo fazia parte de um grupo que gozava, tendo-o colocado numa lista com nomes de pessoas a abater, feita no dia em que o matou, diz a mesma fonte.

EM FOCO

Populares