Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Do Vietname à Mauritânia, perto de cem alunos Erasmus acolhidos no Politécnico de Viana

Ensino superior

em

Foto: Divulgação / IPVC

Perto de uma centena de alunos ao abrigo de diversos programas de mobilidade foram acolhidos no Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) com inúmeras atividades culturais, desportivas e recreativas, que decorreram durante uma semana com vista à sua integração.

Visitas às escolas superiores com a realização de atividades específicas, passeios pelas cidades de Viana do Castelo e de Valença e pela vila de Ponte de Lima e lanche com produtos típicos foram apenas algumas das iniciativas que permitiram acolher os alunos internacionais.

Alemanha, Itália, Espanha, Polónia, República Checa, Turquia, Eslovénia, Lituânia e Grécia são algumas das proveniências destes estudantes. Mas o IPVC acolhe ainda estudantes de nacionalidade não europeia. Uma aluna, que veio de uma universidade italiana, parceira do IPVC, tem nacionalidade vietnamita. Já da Turquia chegaram estudantes de nacionalidade mauritana e da República Checa vieram estudantes de nacionalidade indiana.

Foto: Divulgação / IPVC

Em comunicado ,o Politécnico de Viana do Castelo refere que “tem reforçado a sua estratégia no panorama internacional, que vai muito além das mobilidades académicas, apostando cada vez mais em projetos e programas de cooperação e investigação conjunta”.

“A semana de receção foi apenas uma das iniciativas que o Politécnico de Viana Castelo tem agendadas para acolher e integrar a comunidade de alunos Erasmus e estudantes ao abrigo de programas de mobilidade e cooperação”, sublinhou Ana Paula Vale, vice-presidente do IPVC para a Internacionalização, citada no comunicado.

A “publicidade positiva” tem levado ao aumento do número de alunos anualmente. “Este ano tivemos um aumento significativo no número de alunos e apesar de ainda estarmos em tempos de pandemia acolhemos, só neste primeiro semestre, perto de uma centena de alunos, um número que o IPVC tenciona aumentar”, considerou a responsável.

Foto: Divulgação / IPVC 

De acordo com o instituto, o IPVC tem, ao longo dos anos, “reforçado a sua política de internacionalização, cimentando por um lado a mobilidade e o intercâmbio e por outro a aposta na criação de parcerias estratégicas, projetos de cooperação e investigação conjunta, de forma a que o IPVC seja parceiro fundamental e estratégico no desenvolvimento económico-social do Alto Minho”.

A Welcome Week teve como objetivo “proporcionar uma maior e melhor integração destes jovens quer na comunidade académica quer na cultura e tradições do Alto Minho”.

A “grande aposta” do Politécnico de Viana do Castelo “é continuar no desenvolvimento deste género de atividades para alunos, docentes e colaboradores internacionais”, assegurou ainda a vice-presidente do IPVC.

Foto: Divulgação / IPVC

Para facilitar a integração destes novos estudantes o Politécnico de Viana do Castelo contou com a ajuda dos “Erasmus Guide Friends”, alunos voluntários que facilitaram a ligação entre escolas, colegas e entidades locais.

De destacar que 77 alunos chegam ao abrigo do programa Erasmus +, que continua a ser o programa que mais jovens atrai, sendo os restantes provenientes de outros programas de Mobilidade em vigor no Politécnico, que se destinam exclusivamente ao intercâmbio de estudantes entre instituições de ensino superior membros da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP).

Populares