Distraíam funcionários para roubar dinheiro em cafés de Ponte de Lima e Braga

Detidos pela GNR

Quatro homens foram detidos, na quinta-feira, por furto em estabelecimentos comerciais de Ponte de Lima, disse a O MINHO fonte do comando territorial da GNR de Viana do Castelo.

Os homens eram suspeitos de efetuarem, pelo menos, dois furtos em cafés de Ponte de Lima, distraindo os funcionários enquanto retiravam o dinheiro em caixa.

Os dois crimes ocorreram na União de Freguesias de Fornelos e Queijada, no concelho limiano, disse a O MINHO fonte da junta de freguesia.

Nos dois locais, na hora do pagamento, um dos suspeitos distraía os funcionários, enquanto outro retirava o dinheiro em caixa e outros bens.

Os assaltantes, com idades compreendidas entre os 20 e os 28 anos, acabaram intercetados por militares da GNR, na via pública, ainda com os bens subtraídos.

Em comunicado, a GNR dá conta de que os homens “são também suspeitos de outros furtos em residências e estabelecimentos nos concelhos de Ponte de Lima e Braga, em que conseguiam distrair os proprietários e desviar bens e dinheiro”.

Esta ação permitiu ainda apreender e recuperar material furtado, destacando-se 2.300 euros, nove peças em ouro no valor de três mil euros e quatro telemóveis.

Os detidos, com antecedentes criminais por vários crimes, como furto, roubo e ofensas à integridade física, praticados em Braga, Porto, Aveiro, Pombal e Leiria, estão, neste momento, a ser presentes ao Tribunal Judicial de Ponte de Lima.

A ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal de Arcos de Valdevez.

Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Valença e Tui protagonizam reunião “inédita” entre cidades de países diferentes

Próximo Artigo

Aluno descarrega extintor em escola de Barcelos e atinge dez colegas

Artigos Relacionados
x