Seguir o O MINHO

Futebol

Diretor desportivo do Vitória SC abandona cargo ao fim de mês e meio

Diogo Boa Alma sai por “divergências ideológicas”

em

Foto: DR / Arquivo

Diogo Boa Alma deixou de ser o diretor desportivo do Vitória SC, um mês e meio depois de ter assumido o cargo, confirmou hoje o emblema da I Liga portuguesa de futebol, no sítio oficial.

O clube vimaranense esclareceu que o “cessar de funções” se deve “a divergências ideológicas e de gestão entre ambas as partes”.

“Naquele que se pretende que seja um projeto integrado pelo clube, o cessar de funções deve-se a divergências ideológicas e de gestão entre ambas as partes, que pretendem o melhor para o futuro do Vitória Sport Clube e entendem, mutuamente, que o término da ligação é a melhor solução para o clube e para o diretor desportivo”, lê-se.

Diretor desportivo do Santa Clara entre janeiro de 2016 e junho de 2021, Diogo Boa Alma assumiu o cargo equivalente no Vitória em março, após ter sido promessa eleitoral de António Miguel Cardoso, candidato da lista A ao sufrágio de 05 de março, que venceu com 62,5% dos 6.637 votos apurados.

Em 22 de março, o então diretor desportivo dos minhotos frisou que estava em Guimarães para ajudar os futebolistas dos vários escalões a terem “o melhor rendimento possível dentro de campo”.

Populares