Seguir o O MINHO

Guimarães

Diagnosticados por mês cerca de 12 casos de cancro de mama em Guimarães

Saúde

em

Foto: Rui Dias / O MINHO

Em média, por mês, são detetados entre 12 a 13 novos casos de cancro da mama no serviço de Oncologia do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, cerca de 150 diagnósticos por ano. Existem ainda mais de mil doentes referenciados por causa da mesma doença a serem acompanhados naqueles serviços.

A informação é avançada pela diretora do serviço, Camila Coutinho, em entrevista à edição desta semana do jornal Comércio de Guimarães. “Podemos cuidar das mamas, fazendo uma auto-avaliação regular e se notarmos alguma alteração, recorrermos ao serviço de saúde o mais brevemente possível”, disse, incentivando aos rastreios.

A responsável relembra que aderir aos rastreios pode levar a uma cura, uma vez que é dessa forma que se detetam os tumores de forma precoce, e quando assim é, a maior parte das vezes dá para curar. Apela também ao exercício físico e adoção de um estilo de vida saudável, como forma de prevenção para este tipo de patologia.

“Tem de haver uma boa articulação entre os diferentes níveis de cuidados de saúde, focando-nos no objectivo comum que é evitar a doença e detectá-la o mais precocemente possível”, considerou.

Cerca de 1.500 mulheres morrem por ano vítimas do cancro da mama, enquanto cerca de 4.500 conseguem sobreviver.

Populares