Seguir o O MINHO

País

DGS quer proibir venda de tabaco a menores de 21 anos

E aumentar impostos sobre as bebidas alcoólicas

em

Foto: O MINHO / Arquivo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) pretende subir a idade legal mínima para comprar tabaco para os 21 anos, no âmbito da Estratégia Nacional de Luta contra o Cancro, documento que entrou agora em consulta pública.

Segundo o plano, é pretendido subir dos 18 para os 21 a idade mínima para a compra legal de tabaco, mas também regular os ingredientes presentes nos cigarros, incluíndo os aromatizados.

“O que se procura é que quem decida começar a fumar tenha uma maturação… esteja mais consciente… algo que, como sabemos, vai aumentando com a idade”, refere o coordenador do Programa Nacional para as Doenças Oncológicas da DGS, em declarações à CNN Portugal.

Mas não é só através do tabaco que a DGS pretende reduzir o risco de cancro. O consumo de álcool, onde Portugal se destaca pelo consumo, a nível europeu, é elevado, refere o documento, estimando que 3,6% da população portuguesa tenha um consumo de risco elevado/nocivo.

Para esse efeito, o plano prevê o aumento dos impostos sobre este tipo de bebida e maiores restrições nas ações de publicidade ou marketing relacionadas com bebidas alcoólicas.

Populares