Seguir o O MINHO

I Liga

DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

A diretora-geral da Saúde apelou hoje aos adeptos de futebol para que respeitem as regras, avançando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais.


Na conferência de imprensa diária de atualização dos dados referentes à covid-19, Graça Freitas foi questionada sobre o regresso na quarta-feira do campeonato de futebol sem adeptos nas bancadas e apelou para a responsabilidade individual.

“O grande apelo é ver os jogos sim, ficar contente com os resultados da equipa sim, mas respeitando as regras, quer nas imediações dos estádios, quer em cafés ou em sociedades recreativas ou onde se possa ver os jogos”, disse a diretora-geral da Saúde (DGS).

Graça Freitas recordou que não devem existir ajuntamentos nas imediações dos estádios, e o mesmo acontece com sítios onde seja comum que se juntem pessoas a assistir aos jogos de futebol, como é o caso dos cafés.

“O vírus está a circular e ele não desapareceu. Se lhe dermos condições para que ele continue a passar de uma pessoa para a outra ele vai fazer o seu percurso, isso não esconde o facto se é uma pessoa urbana ou rural, se é rica ou é pobre, basta que nos juntemos, que haja grandes aglomerados de pessoas e ele encontra forma de passar por uma pessoa para a outra”, precisou.

Graça Freitas considerou “muito importante” e que “foi uma luta e uma conquista começar o campeonato de futebol”, ressalvando que é necessário garantir que “a época acaba em segurança” e que “nem adeptos, nem jogadores nem equipas técnicas se infetam por causa dos jogos de futebol”.

“Apelo aos adeptos para que assistam aos jogos e comemorem, mas de acordo com as regras que estão legalmente nas orientações das autoridades de saúde”, insistiu.

Questionada sobre a possibilidade de os jogos de futebol voltarem a ter adeptos nas bancadas, Graça Freitas não excluiu essa hipótese, afirmando que terá de ser avaliada a cada momento.

“Não lhe sei responder se os estádios vão ter ou não pessoas, porque isso vai depender muito de uma avaliação rigorosa e de medir os pró e os contra”, disse, frisando que a prática da DGS tem sido, nos últimos meses, de se adaptar ao risco que existe e também àquilo que se imagina que serão os dias seguintes.

A DGS disse ainda que a lotação nos estádios não tem a ver com o número de pessoas, mas sim com outros fenómenos, nomeadamente com as comemorações dos golos e das entradas e saídas de adeptos.

“É uma situação complexa e muitas outras ligas em outros países optaram pela mesma solução que Portugal tem”, precisou.

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infetados, mais 200, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.410 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 1%. Já os casos e infeção subiram 0,6%.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado maior número de surtos, há mais 193 casos de infeção (+1,7%).

Anúncio

I Liga

Rio Ave vence Portimonense

I Liga

em

Foto: Twitter / I Liga

O Rio Ave venceu hoje por 2-1 na receção ao Portimonense, em jogo da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com o golo do triunfo a chegar já em período de descontos.

Em Vila do Conde, o Portimonense adiantou-se no marcador com um golo de Ricardo Vaz Tê, aos 06 minutos, mas o Rio Ave deu a volta ao marcador com golos de Mehdi Taremi, aos 35, de grande penalidade, e de Filipe Augusto, aos 90+1.

Com esta vitória, o Rio Ave, que luta por um lugar nas competições europeias, sobe provisoriamente ao quinto lugar, com 50 pontos, enquanto o Portimonense, primeira equipa em zona de despromoção, está em 17.º, com 27 pontos, a três de Vitória de Setúbal e Tondela.

Continuar a ler

I Liga

PSP avisa que vai estar atenta aos festejos de campeão

Covid-19

em

Foto: O MINHO / Arquivo

A Polícia de Segurança Pública (PSP) advertiu hoje que o futebol não é exceção às regras de saúde pública, reiterando a proibição de ajuntamentos, no dia em que o FC Porto se pode sagrar campeão nacional.

Os ‘dragões’ visitam hoje o Tondela, a partir das 19:15, em jogo da 31.ª jornada da I Liga, e podem assegurar o seu 29.º título se o Benfica, segundo a seis pontos, perder no terreno do Famalicão, em jogo marcado para as 21:30.

No comunicado emitido hoje, a PSP “apela a todos os cidadãos que, não obstante a preferência clubística, cumpram de forma muito rigorosa as indicações das autoridades de saúde e o quadro legal em vigor”.

“Atendendo à crise pandémica que ainda se vive em Portugal, os ajuntamentos não são permitidos por constituírem um potencial foco de contágio de muito elevado risco. Os adeptos que, pretendendo comemorar na via pública, não deverão frequentar locais onde não seja possível manter de forma permanente o distanciamento social”, salientou esta força de segurança.

Na generalidade de Portugal continental, os ajuntamentos estão limitados a 20 pessoas e está proibido o consumo de álcool na via pública, além das regras sobre distanciamento físico e uso de máscara.

A PSP assegura a presença “junto da população nos locais públicos e procurará contribuir, em colaboração com as demais entidades com competência nesta área, para a constante observação das recomendações das autoridades de saúde por parte de todos os cidadãos”.

“Apelamos a todos para que não considerem o contexto desportivo e, em particular, do futebol uma exceção às regras de saúde pública, pelo impacto que poderá ter na vida de cada um e, consequentemente, de familiares e amigos”, rematou a PSP.

Na quarta-feira, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, já tinha pedido que se evitem ajuntamentos e sejam cumpridas as normas de distanciamento nos eventuais festejos, recordando que, em alguns países, “houve surtos que começaram em festejos, nos quais não foi respeitado o distanciamento social nem a regra de utilização de máscaras”.

“As circunstâncias de comemoração do campeonato ou de outra efeméride são as mesmas. As recomendações que fazemos são as recomendações internacionais: que as pessoas evitem ajuntamentos e tenham sempre atenção ao uso de máscara”, disse Graça Freitas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 549 mil mortos, 1.631 dos quais em Portugal, onde 44.859 pessoas foram confirmadas como infetadas.

Continuar a ler

I Liga

FC Porto pode festejar título da I Liga, mas depende do Benfica

I Liga

em

Foto: Twitter

O FC Porto pode sagrar-se hoje campeão português de futebol, na 31.ª jornada da I Liga de futebol, caso vença em Tondela e o Benfica seja derrotado pelo Famalicão.

Com seis pontos de avanço e vantagem no confronto direto, os ‘dragões’ podem celebrar o 29.º título já no ‘sofá’, uma vez que entram em campo em Tondela às 19:15, antes de o Benfica jogar em Vila Nova de Famalicão, às 21:30.

Quase na máxima força, apenas Marcano é baixa, o FC Porto visita um terreno onde nunca perdeu, nem sofreu golos, vencendo três vezes e empatando uma, frente a um aflito Tondela, três pontos acima da zona de despromoção.

Com Nélson Veríssimo já confirmado como treinador até final da época, o Benfica terá em teoria uma tarefa mais complicada, uma vez que visita o Famalicão, grande surpresa da competição e que ocupa o quinto lugar, último de acesso à Liga Europa.

O Benfica volta a visitar Vila Nova de Famalicão para o campeonato quase 27 anos depois, embora esta temporada já tenha empatado no terreno dos minhotos (1-1), na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, onde FC Porto e Sporting já foram derrotados esta época.

No outro encontro do dia, o Rio Ave, sexto classificado, a um ponto do Famalicão, recebe o Portimonense, 17.º e primeiro conjunto abaixo da ‘linha de água’, a três pontos da zona de salvação.

Programa e resultados da 31.ª jornada:

– Quarta-feira, 08 jul:

Boavista – Marítimo, 0-1

Desportivo das Aves – Vitória de Setúbal, 1-0

– Quinta-feira, 09 jul:

Rio Ave – Portimonense, 17:00

Tondela – FC Porto, 19:15

Famalicão – Benfica, 21:30

– Sexta-feira, 10 jul:

Vitória SC – Gil Vicente, 17:00

Sporting – Santa Clara, 19:15

Paços de Ferreira – SC Braga, 21:30

– Sábado, 11 jul:

Belenenses SAD – Moreirense, 19:15 (Cidade do Futebol)

Continuar a ler

Populares